dom. jan 24th, 2021

Tocantins destaca números da pecuária com ênfase no rebanho bovino

mkkNo dia 14 de outubro, é comemorado, em todo Brasil, o Dia da Pecuária e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), destaca as conquistas alcançadas, nos últimos anos neste setor. A pecuária é a principal cadeia produtiva do agronegócio tocantinense e segunda maior atividade em termos de exportação, perdendo apenas para a soja, sendo um importante pilar da economia do Tocantins, desde a criação do Estado. Atualmente, ocupa o 11º lugar no ranking nacional com um rebanho bovino de 8,2 milhões de cabeças, destacando a criação de gado bovino de corte como a principal atividade econômica.

O secretário da Agricultura, Clemente Barros, destaca a responsabilidade do Governo em garantir um crescimento sustentável focado na melhoria da produtividade por meio da inovação tecnológica, além de projetos de melhoramento genético disponível para os pecuaristas do Estado. “É um trabalho que vem sendo realizado em parceria com profissionais e produtores rurais com o uso de tecnologias desde a formação das pastagens, reprodução, engorda e até a venda para frigoríficos e garantia de exportação”, disse.

Clemente Barros lembra ainda que, para os próximos anos, a perspectiva é de aumento das exportações e de continuidade na abertura de novos mercados, principalmente com o início das atividades da Ferrovia Norte-Sul. “A produção do Estado estará mais próxima dos mercados da Europa e da África que os produtos do Sul e Sudeste do País. Portanto, com essa estrutura de transporte, o Tocantins ganha destaque no escoamento da produção com a redução de custos, pois apresenta ao longo da Ferrovia Norte–Sul, frigoríficos com Selo de Inspeção Federal, responsáveis pelas exportações de carne bovina”, completou o secretário.

As mudanças e o crescimento trazidos pelos investimentos em tecnologias, também podem ser comprovados pelos que acompanham, passo a passo, o avanço da pecuária no Estado ao longo dos anos, a exemplo do veterinário e pecuarista, Fábio Mello Kliemann, que lida com a atividade, no Tocantins, há mais de duas décadas, iniciando quando este território ainda pertencia a Goiás. Ele cria e vende reprodutores para o melhoramento genético de raças, no município de Aparecida do Rio Negro. Iniciou em 1998, com 300 vacas matrizes para produção e venda de reprodutores geneticamente melhorados. Atualmente, são 1.100 matrizes. “Uso as tecnologias de inseminação artificial e in-vitro e para a engorda do gado de corte, o sistema de confinamento no período seco, julho a outubro”, afirmou o pecuarista.

Além da bovinocultura de corte, o Governo do Estado, por meio da Seagro, desenvolve atividades, em vários segmentos pecuários (bovinocultura de leite, avicultura, ovinocaprinocultura e apicultura) realizando ações gerenciais das cadeias produtivas, elaboração de estudos e apoio à promoção de pesquisas, além de capacitações de profissionais e produtores rurais.

Vacinação

Há 18 anos, o Tocantins é reconhecido internacionalmente como área livre de febre aftosa com vacinação, superando a marca de 99% do rebanho imunizado a cada campanha.

Além disso, o Estado produz o chamado “boi verde”, que são animais alimentados no pasto, livres das rações de origem animal, o que vai ao encontro das preferências dos mercados consumidores mais exigentes. 

No Tocantins, o confinamento de bovinos também é um sistema que vem crescendo e ganhando novos adeptos. Atualmente, ocupa a 7ª posição no ranking nacional de bovinos em confinamentos, com aproximadamente 150 mil animais confinados a cada ciclo, que acontece em um período de 90 a 120 dias, no final da engorda dos bovinos.

Pode-se destacar a presença das raças Gir (corte e leite) e Nelore (corte), que representam, aproximadamente, 86 % do rebanho total. Em 2015, o Estado conta com 7,5 milhões de hectares de pastagens. Os principais municípios produtores de bovinos são: Araguaçu (278.168 cabeças), Araguaína (223.985), Formoso do Araguaia (218.744), Peixe (189.944), Gurupi (106.664), Paraíso do Tocantins (91.104), com destaque para Araguaína, na pecuária de corte.

Exportação

A exportação de carne de gado no Tocantins alcançou a marca dos US$ 215,6 milhões em 2014. O produto vem ganhando espaço no mercado internacional e já representa 20% de tudo que é vendido no Estado para fora do País. Os dados são da Secex- Secretaria de Comércio Exterior, ligada ao Ministério de Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior. A carne e os derivados do boi tocantinense chegam a todas as regiões brasileiras e são exportados a mais de 20 países, especialmente Europa e Ásia.

No que diz respeito à produção de leite, esta cresceu 184% no período de 1989 a 2013. Produção de leite: 269.250.000 litros/ano, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Avicultura

Como atividade que se expande no Estado, garantindo campo de atuação para médios e grandes produtores, além de se destacar como alternativa para a agricultura familiar, a avicultura é a segunda maior atividade pecuária do Tocantins, contando atualmente com um plantel de quase 7,3 milhões de aves em potencial para abate. São em torno de 4,8 milhões de criatórios em sistema de confinamento (granjas) e 2,5 milhões na produção familiar.

Eliane Tenório / Elmiro de Deus / Governo do Tocantins

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Saúde começa segunda fase de distribuição de vacinas contra a covid-19

O Ministério da Saúde começou a distribuição dos 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford, produzidas pelo laboratório indiano Serum, neste sábado (23).  O primeiro estado contemplado é o...

Revelada doença que torna organismo vulnerável à COVID-19

Cientistas da Universidade Washington em St. Louis (EUA) acreditam que os produtos alimentícios durante a pandemia eram considerados seguros, uma vez que, mesmo que haja vírus na superfície deles, o ácido...

Mormo: Tocantins suspende aglomeração de equídeos em cinco municípios e estabelece restrições em 12 limítrofes

Nessa sexta-feira, 22, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), por meio da portaria nº 021, publicada no Diário Oficial, suspendeu qualquer aglomeração de equídeos nos municípios de Santa Fé do...

Suspeito de praticar maus-tratos contra suas irmãs idosas são presos pela Polícia Civil em Palmas

Segundo o delegado José Antônio, às duas senhoras estariam sendo submetidas a situações desumanas e degradantes em uma residência localizada no centro da cidade de Paraíso. Conforme o Delegado, durante...