Governador Carlesse determina que vacinas da Janssen sejam distribuídas proporcionalmente entre as três maiores cidades do Estado

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, após consulta ao Ministério da Saúde e ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), determinou nesta quarta-feira, 23, que o primeiro lote de vacinas da Janssen composto por 10.250 doses, a ser enviado pelo Ministério da Saúde, seja distribuído de forma proporcional aos municípios de Palmas, Araguaína e Gurupi, que concentram o maior número de casos de Covid-19. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) ainda não foi informada quanto à data de envio das vacinas, mas a equipe técnica já trabalha a logística de distribuição das mesmas.

Os três municípios juntos têm uma população de 577,2 mil habitantes e, desde o início da pandemia, acumulam 90.330 casos, o equivalente a 46,5% do total de 194.366 de casos de Covid-19 registrados no Tocantins.

“Estamos falando dos três municípios que concentram as maiores populações do nosso Estado e também os maiores números de casos de Covid-19, até por serem polos econômicos em suas regiões. Por isso, o entendimento de destinar esse primeiro lote para Palmas, Araguaína e Gurupi, mas já tranquilizo os demais municípios que receberemos vacinas de outros laboratórios e, à medida que elas chegarem, essa distribuição será feita a todos os municípios, porque o objetivo é imunizar a todos para sairmos o quanto antes dessa pandemia”, ressalta o governador Mauro Carlesse.

O titular da SES, Edgar Tollini, destaca que a chegada de mais um imunizante é motivo de comemoração.

“O Tocantins tem recebido proporcionalmente doses de todas as vacinas que o Ministério da Saúde tem adquirido e, nós enquanto Estado, seguindo as diretrizes do Plano Nacional de Imunização, estamos distribuindo aos municípios para que cada vez mais pessoas sejam imunizadas. Precisamos avançar nessa questão da imunização e contamos com o apoio dos municípios e também da população para que procure se vacinar quando chegar a sua vez”, reforça.

A superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Perciliana Bezerra, esclarece que o Ministério da Saúde facultou aos estados a escolha de quais municípios receberão as doses da Janssen.

“A vacina Janssen, a priori, seria distribuída apenas para as capitais. Após ampliação da validade da mesma pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o Ministério da Saúde deixou a critério dos estados a ampliação para outros municípios. É importante ressaltar que estamos sempre seguindo os critérios do Ministério da Saúde”, destaca.

A primeira remessa da vacina contra Covid-19 produzida pela Janssen/Johnson & Johnson chegou ao Brasil nesta terça-feira, 22, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Foram enviadas 1,5 milhão de doses da vacina, que será a primeira a ser aplicada em dose única no Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, o contrato do Governo Federal com a empresa prevê 38 milhões de doses do imunizante da Janssen até o fim do ano.

Vania Machado/Governo do Tocantins

 

Vice-governador Wanderlei Barbosa lança Programa Orienta Naturatins em Araguatins

O vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, lançou na manhã desta terça-feira, 22, na Câmara de Vereadores, o programa Orienta Naturatins, em Araguatins.  A iniciativa visa prestar esclarecimentos ao público sobre os mais diversos serviços prestados aos produtores do Estado pelo Instituto. 

O programa constitui uma ação realizada nos municípios, que tem como objetivo atender produtores rurais e empreendedores sobre dúvidas em atendimentos em geral acerca de licenciamento, Cadastro Ambiental Rural (CAR), segurança de barragens, outorga de água, carteira de pesca e outros. 

O presidente do Naturatins, Renato Jaime, destacou que a iniciativa já foi realizada nos municípios de São Félix do Tocantins, Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia e a quarta edição está sendo realizada em Araguatins.

“O objetivo do Governo do Tocantins, por meio do Naturatins, é aproximar o órgão e os técnicos das áreas demandantes, que são os proprietários, os consultores, pessoas que estão com os pedidos no órgão e, com isso, agilizar os trâmites”, explicou.

Wanderlei Barbosa explicou que essa ação do Governo de aproximar o Naturatins foi concebida para quebrar paradigmas e avançar nas questões ambientais.

“Temos grandes empreendimentos no Estado no setor do agronegócio e outras atividades. O Governo tem investido na modernização do Naturatins para agilizar os trabalhos e promover o desenvolvimento, mas está atento para que tudo seja feito dentro da legislação, da legalidade”, reforçou.

O prefeito local, Aquiles da Areia, agradeceu ao Governo do Tocantins pela iniciativa do programa Orienta Naturatins.

“Essa preocupação do governador Mauro Carlesse em dar mais agilidade aos processos em trâmite no órgão é muito oportuna. Isso vai permitir destravar muitos empreendimentos parados por falta de licenciamentos”, frisou.

Cooperação 

Também foram assinados os Termos de Cooperação Técnica para Implantação dos núcleos do Instituto de Identificação da Secretaria da Segurança Pública (SSP-TO) nos municípios do Bico do Papagaio. O Vice-Governador também participou do ato de assinatura de contratos do Programa Fomento Presente: Benefício para o Microempreendedor.

Presenças

O evento contou com a presença dos deputados estaduais Olyntho Neto, Vanda Monteiro, do prefeito local, Aquiles da Areia, vereadores, secretários de Estado e outras autoridades.

Jarbas Coutinho/Governo do Tocantins

Grupo de trabalho criado pelo Governo do Tocantins irá auxiliar prefeituras na campanha de vacinação contra a Covid-19

O Governo do Tocantins designou os componentes do Grupo de Trabalho para o Monitoramento do Plano Estadual de Vacinação, que terá a atribuição de coordenar as estratégias destinadas ao enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus. O Ato nº 770 que designa os componentes do Grupo de Trabalho foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), edição dessa segunda-feira, 21.

Como coordenadores do Grupo estão o secretário-executivo da Governadoria, Divino Allan, e a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual da Saúde, Perciliana Bezerra. O Grupo de Trabalho ainda tem como representante da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, Nelsifran Sousa Lins, e da Polícia Militar, Melissa Barreira de Vasconcelos.

O secretário-executivo da Governadoria, Divino Allan Siqueira, explica que o Grupo irá atuar junto aos municípios para identificar e auxiliar nas dificuldades enfrentadas pelas secretarias municipais de saúde no processo de imunização contra a Covid-19. “Nós queremos saber onde estão os gargalos. É na logística, é no morador que ainda não foi tomar a vacina ou tomou a primeira dose e não retornou para tomar a segunda. É com esse panorama que o Governo do Tocantins quer atuar ainda mais junto com nossos prefeitos para um trabalho mais intenso nesse momento tão importante”.

O secretário ainda reforça o trabalho do Governo no atendimento à população. “Desde o primeiro momento da pandemia, o Governo do Tocantins esteve junto com os municípios. Foi ampliado o número de leitos para atender os pacientes com Covid-19 que precisaram de internação em todas as regiões do Estado. E agora, com a chegada da vacina, não podemos atrasar o processo de imunização. Junto com nossos colegas da Secretaria da Saúde, do Trabalho e Desenvolvimento Social e da Polícia Militar foram convidados a se juntarem a nós os representantes dos órgãos de controle”, finaliza.

À convite, o Ministério Público do Estado do Tocantins (MPE), Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE) e Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE) também terão representatividade no Grupo de Trabalho, tendo designados os seguintes servidores: Celsimar Custódio Silva (MPE), Marcelo Olímpio Carneiro Tavares (TCE) e Cleiton Martins da Silva (DPE).

 

Motociclistas fazem cortejo após a morte do fundador de motoclube por Covid-19 em Araguaína

Um cortejo de motociclistas cruzou as ruas de Araguaína, na manhã desta segunda-feira (21), para prestar as últimas homenagens ao professor Hednardo Araújo Carvalho, conhecido como Heddy Carvalho. Ele foi um dos fundadores do motoclube Falcões de Aço e morreu na noite deste domingo (20), vítima do coronavírus.

Heddy Carvalho tinha 45 anos e estava internado desde o dia 11 de junho. Durante a internação ele teve complicações renais e não resistiu a uma parada cardíaca.

Formado em geografia na Universidade Federal do Tocantins, o professor dava aulas na rede pública estadual. Apaixonado pelo motociclismo ele foi o primeiro presidente do motoclube criado em 2008.

Um cortejo foi montado para levar o corpo até o cemitério das Paineiras. Integrantes do motoclube, familiares e amigos seguiram pelas ruas da cidade em motos e carros, prestando a última homenagem. Na entrada do cemitério também foi feito um buzinaço. O professor deixa uma filha de 24 anos.

Fonte: G1 Tocantins

 

Araguaína inicia vacinação de pessoas entre 53 e 54 anos nesta segunda-feira, 21

A Prefeitura de Araguaína continua ampliando a faixa etária da população para a imunização contra a covid-19. A partir de segunda-feira, 21, as pessoas com idade entre 53 e 54 já poderão procurar as UBS (unidades básicas de saúde) para receber a primeira dose. A vacinação da população por idade segue paralelamente a de públicos prioritários, como dos trabalhadores das indústrias com sede em Araguaína e pessoas em situação de rua, que também terá início nesta segunda-feira.
 
Nos dois dias, 21 e 22, as pessoas com idade entre 53 e 54 anos deverão procurar das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30 as UBS Avany Galdino da (Bairro São João); UBS Couto Magalhães (Setor Couto Magalhães); UBS Maria dos Reis (Setor Barros); UBS Dr. Dantas (Costa Esmeralda); UBS Manoel dos Reis Lima (Jardim das Flores); UBS Lago Azul; UBS José Ronaldo Pereira da (Dom Orione); UBS Senador Benedito Vicente Ferreira (Setor José Ferreira); UBS Bairro de Fátima; UBS Nova Araguaína.
 
Das 7 às 13 horas as doses também estarão disponíveis nas UBS Setor Ponte e UBS Novo Horizonte. A população também pode procurar o Ginásio Poliesportivo Pedro Quaresma (Via Lago), das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas.
 
Para receber a primeira dose da vacina, a população que se enquadra no público geral deve apresentar o cartão de vacinação, CPF, um documento pessoal com foto e cartão do SUS.
 
Grupos prioritários
A Secretaria da Saúde de Araguaína também continua fazendo a imunização dos grupos prioritários que incluem as gestantes e puérperas com liberação médica para a vacinação, além de trabalhadores da educação e a partir do dia 28 de junho, também entram na lista os caminhoneiros que residem em Araguaína.

Felipe Maranhão
Foto: Marcos Sandes/Ascom

UFT vai selecionar professores para quatro campus com salários de até R$ 10 mil

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) lançou um edital para selecionar 14 professores efetivos para os campus de Palmas, Araguaína, Gurupi e Arraias. Segundo a Coordenação Permanente de Seleção (Copese), dependendo da titulação e carga horária, os salários dos aprovados podem ultrapassar R$ 10 mil. As vagas são para atuação em vários cursos, incluindo medicina, física, jornalismo e direito. Veja lista abaixo

Conforme o cronograma que consta no edital, as inscrições do concurso terão início no dia 13 de agosto e poderão ser realizadas até às 23h59 do dia 9 de setembro de 2021. A taxa única será de R$260.

As provas serão aplicadas em Araguaína, Arraias e Palmas. Para ser selecionado, além de ser aprovado no exame de habilidade e conhecimentos, a prova escrita, os candidatos precisam passar na avaliação didática, exame prático e avaliação de títulos.

Conforme as informações do edital, o certame poderá ser realizado em uma ou duas etapas, a depender do número de candidatos inscritos. Veja todas as informações aqui.

Palmas

  • Engenharia civil, jornalismo e medicina

Araguaína

  • Física e química

Gurupi

  • Agronomia

Arraias

  • Direito e turismo patrimonial e socioambiental

Fonte: G1 Tocantins

Mais de 6 mil tocantinenses não voltaram para tomar a segunda dose contra a Covid-19

O processo de imunização contra a Covid-19, com as vacinas disponíveis até o momento, pede que cada pessoa tome duas doses (D1 e D2) seja de CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer. Contudo, dados do Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde (Integra Saúde), da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontam que 6.031 tocantinenses estão com a segunda dose atrasada há mais de 90 dias.

Segundo o técnico da área de planejamento do Sistema Único de Saúde (SUS), que atua no Integra, Ullannes Passos Rios,

“fizemos um levantamento e percebemos que 4.085 pessoas que receberam a 1ª dose de CoronaVac, que tem intervalo de 21 a 28 dias, já estão há mais de 90 dias sem tomar a 2ª dose. Em relação à AstraZeneca, a qual tem segunda dose após 90 dias, já temos 1.946 pessoas que já fizeram 1ª dose e já teriam que ter recebido a 2ª”, destacou, acrescentando que “a Pfizer não entra na estatística porque as doses têm intervalos de três meses e as primeiras aplicações ocorreram mês passado”.

Os números são preocupantes, uma vez que tal inércia atrapalha a logística do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO); limita o esquema vacinal enfraquecendo o efeito que a vacina poderia ter contra a doença, que já levou 3.072 tocantinenses o óbito.

“Temos tido a preocupação em repassar de forma ágil as vacinas e os municípios têm trabalhado na aplicação. Entretanto, é necessário que estas pessoas compareçam para receberem as segundas doses e, assim, darmos continuidade aos próximos grupos prioritários que constam no PNO”, enfatizou o titular da SES, Dr. Edgar Tollini.

Até esta sexta-feira, 18, o Tocantins recebeu 715,4 mil doses de vacinas e já distribuiu 668.596 doses aos municípios. Desse total, já foram aplicadas 342.687 em D1 e 139.081 de D2, o que corresponde a 21,55% e 8,75% da população, respectivamente.

Aldenes Lima/Governo do Tocantins

Tocantins recebe novas remessas de CoronaVac e Pfizer

Tocantins recebe mais 34.150 doses de vacinas contra a Covid-19. Após um período sem o recebimento de novas doses da vacina CoronaVac, devido a atrasos na produção do Instituto Butantan, o Governo do Tocantins recebe na madrugada desta sexta-feira, 18, 16.600 doses do imunizante.

Outra remessa que também chegará na mesma madrugada é de 17.550 doses da Pfizer/Biontench.  

Este quantitativo está delimitado pelo Ministério da Saúde (MS) para continuidade da vacinação da população, com aplicação da 1ª dose e fechamento do esquema vacinal com a 2ֺª aplicação. Os estoques recebidos serão conferidos e distribuídos aos municípios na próxima semana.

Os públicos que deverão ser contemplados segue o Plano Nacional de Operacionalização da Covid-19 (PNO), ou seja, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades,  pessoas com deficiência permanente, trabalhadores da saúde, forças de segurança e salvamento, forças armadas e trabalhadores da educação.  Isso não impede que municípios, que já atingiram a estes públicos ou que não tenham estes públicos, possam dar continuidade aos demais grupos prioritários.

A superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Perciliana Bezerra, esclarece que o Estado enviou nota técnica de orientação aos 139 municípios para continuidade da vacinação contra a Covid-19 na população tocantinense. O documento orienta os municípios que tem primeiras doses (D1) em estoque, para seguirem a ampliação da vacinação dos grupos prioritários conforme o PNO, do Ministério da Saúde, “precisamos otimizar as doses existentes sem fura a lista de prioridades, após a vacinação dos grupos já estabelecidos podemos abrir a vacinação por faixa etária como já orientou o próprio Ministério da Saúde em Nota Técnica nº 717/2021/MS”.

 A ‘Nota Orientação do Estado’ deixa claro que ao finalizar os grupos prioritários descritos no PNO “a vacinação da população em geral será escalonada por faixa etária de forma decrescente, iniciando em 59 anos até os 18 anos, após ser submetida à aprovação nos Conselhos Municipais de Saúde”, reforça Perciliana.

Laiany Alves/Governo do Tocantins

mportação excepcional da vacina Sputnik V é autorizada para mais 7 estados pela Anvisa

Na terça-feira (15), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a importação excepcional da vacina russa Sputnik V pelos estados Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Rondônia, Pará, Amapá, Paraíba e Goiás.

De acordo com o portal G1, a autorização contará com as mesmas restrições aplicadas a outros seis estados que foram autorizados a importar a vacina no início do mês.

Os sete estados recém-autorizados importarão mais 592 mil doses, enquanto outras 928 mil doses serão importadas pelo Maranhão, Bahia, Sergipe, Ceará, Pernambuco e Piauí.

As primeiras doses da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19 vão chegar ao Brasil no início de julho, informou o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), após reunião nesta terça-feira (15) com representantes do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo).

A Sputnik V já foi aprovada em 66 países, ocupando a segunda posição mundial em aprovações de reguladores estatais. A vacina russa tem uma eficácia de 97,6%, com base na análise dos dados de 3,8 milhões de russos vacinados, de acordo com o RFPI e o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, que desenvolveu o imunizante.

br.sputniknews.com

Governador Carlesse destaca potencial do agro tocantinense e faz convite a investidores na abertura da Agrotins 2021 100% Digital

Com destaque para as potencialidades do Tocantins no setor do agronegócio, o governador Mauro Carlesse abriu nesta terça-feira, 15, a programação da Feira Agrotecnológica do Tocantins – Agrotins 2021 100% Digital. A abertura contou ainda com a presença do secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Jaime Café; do presidente da Embrapa, Celso Moretti, por videoconferência; e da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Teresa Cristina, que enviou um depoimento. A Feira prossegue até a sexta-feira, 18, exclusivamente pela plataforma www.agrotins.to.gov.br.

O governador Mauro Carlesse destacou que o Estado está pronto para receber um desenvolvimento pleno e fez um convite aos investidores.

“O Tocantins é um estado novo com segurança jurídica, vamos titular mais de 80 mil propriedades, o que possibilita ao produtor obter crédito e assim investir. O Estado está pronto, temos ferrovias, boas estradas, vamos ter hidrovias e temos excelentes incentivos fiscais para a indústria. Precisamos de indústrias para trabalhar com toda a matéria-prima produzida pelo agronegócio tocantinense e assim oportunizar emprego para a nossa população”, pontuou.

O formato digital da feira também foi destacado pelo Chefe do Executivo Estadual.

“A Agrotins, nesse formato digital, é uma vitrine que leva o Tocantins para o Brasil e o mundo inteiro. A Feira vai trazer oportunidades de negócios para pequenos, médios e grandes produtores. Assim que a pandemia acabar, e esperamos que seja logo, eu acredito que a Feira deve adotar o formato híbrido, com atividades presenciais e virtuais, proporcionando o acesso daqueles que não poderão estar aqui”, destacou.

O presidente da Embrapa, Celso Moretti, destacou que 23 unidades de pesquisa da empresa de todas as regiões do país estão presentes na Agrotins 20121 100% Digital.

“A Embrapa está presente na Agrotins em todas as edições, eu mesmo estive aí na primeira edição ainda como pesquisador e, ao longo dos anos, temos acompanhado o crescimento da feira, do agronegócio e da agricultura familiar no Tocantins. Neste ano, a Embrapa vai estar no espaço dos Pavilhões com cerca de 120 tecnologias, visitando a plataforma da Agrotins todos poderão conhecer. Vamos estar no Campo do Conhecimento com palestras gravadas e na programação ao vivo, com temas relevantes para o agro. A Agrotins está recheada de novidades, tecnologias e conhecimentos”, ressaltou.

A ministra Tereza Cristina não pôde comparecer, mas fez questão de enviar um depoimento no qual desejou sucesso ao evento.

“Quero cumprimentar a todos os tocantinenses, em especial aos produtores e as produtoras rurais, por mais essa Agrotins que traz como novidade, este ano, as startups da agricultura para aproximar ainda mais os produtores da tecnologia. Eu acredito no potencial desse Estado tanto na agricultura quanto na pecuária e quero desejar muito sucesso na Agrotins 20121 100% Digital. Em breve, espero poder fazer uma visita a todos vocês”, destacou.

O secretário da Seagro, Jaime Café, fez questão de agradecer o incentivo dado pelo governador Mauro Carlesse para a realização da Feira.

“Muito obrigado por acreditar e nos motivar. Quero agradecer a todos os servidores da Seagro e ao secretário de Estado da Comunicação, Élcio Mendes. Agradeço muito por poder trabalhar com uma equipe de governo competentíssima, todos dedicados, e também aos senhores produtores que vão acompanhar várias palestras com consultores de renome para saber como se posicionar frente ao cenário que está por vir”, ressaltou.

Produtos curraleiros

O titular da Seagro entregou uma cesta com produtos produzidos pela agricultura familiar, a chamada produção curraleira, ao governador Mauro Carlesse. “Em nome dos pequenos produtores do Tocantins, quero entregar um presente com produtos curraleiros certificados, queijo, amor perfeito, paçocas e outros produtos da agricultura familiar”, destacou.

“Eu agradeço pelo carinho dos produtores e destaco aqui que essa produção curraleira é uma riqueza do nosso Tocantins e o Brasil precisa conhecer. Venha investir no Estado do Tocantins, com segurança e qualidade de vida”, finalizou o Governador.

A Feira

Agrotins 2021 100% Digital ocorre até a sexta-feira, 18, pela plataforma www.agrotins.to.gov.br. Nos dias de programação, o público terá acesso a uma programação de palestras, minicursos, workshops, biblioteca inteiramente digital de livre acesso para a comunidade, vídeos, cartilhas, fotos e notícias sobre os órgãos do Governo do Tocantins. Os conteúdos ficarão disponíveis para acesso até 30 dias após o fim da Agrotins 2021 100% Digital.

Vania Machado/Governo do Tocantins