Em Pedro Afonso, 3º Batalhão inicia vacinação contra a COVID -19

Policiais militares do 3º Batalhão da Polícia Militar receberam a primeira dose da vacina contra Covid-19 na manhã desta segunda-feira, 12, na sede do 3º BPM. Ao todo, 20 militares foram vacinados com as doses disponibilizadas pelas secretarias de saúde das cidades de Pedro Afonso, Bom Jesus do Tocantins e Tupiratins. As vacinas disponibilizadas foram AstraZeneca e CoronaVac.

Os profissionais de segurança pública entraram no grupo prioritário para vacinação, uma vez que, juntamente com os profissionais da saúde, estão na linha de frente no combate à pandemia desde o ano de 2020.

A imunização ocorre de maneira “voluntária”.

“Acreditamos que na próxima etapa conseguiremos imunizar todos os militares voluntários do 3º BPM, trazendo mais tranquilidade para os profissionais realizarem seu trabalho”, ressalta o Comandante do 3º BPM, Major Aderlan Pereira Santana.

Ascom do 3º BPM

Operação Alpha mobiliza a Polícia Militar em ações de reforço à segurança em Palmas

Com a presença do comandante geral, coronel PM Júlio Manoel da Silva Neto, a Polícia Militar do Tocantins deflagrou na tarde desta sexta-feira, 09, a Operação Alpha. Com apoio de outras forças de segurança, a PM realizou patrulhamentos ostensivo preventivo e repressivo em todo plano diretor de Palmas, Taquaralto e Luzimangues, fiscalizando medidas sanitárias contra a Covid, tendo o objetivo de melhorar a sensação de segurança da comunidade.

Durante a operação, a equipe de militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apreendeu uma arma de fogo calibre modelo 635 na região de chácaras de Palmas, próxima ao Setor Flamboyant 3. O Batalhão de Choque, através da ROTAM, prendeu um suspeito de roubo a transeunte no Jardim Aureny II. 

Sobre a operação Alpha

A palavra Alpha, de origem grega, é conceituada como sendo o momento ou ponto que algo se inicia, ou ainda, o princípio de tudo. As atividades desenvolvidas são parte das ações do atual comando da PMTO, que busca, através da operação, dar maior apoio às Unidades Policiais Militares da Capital, reforçando o policiamento do município de Palmas, por meio de blitzes e abordagens a pessoas e veículos suspeitos.  Destina-se, também, a atuação junto aos estabelecimentos comerciais, na fiscalização do cumprimento das normas preventivas de proliferação do novo Coronavírus.


“A missão da instituição é zelar pela segurança do cidadão tocantinense e cumprir com nosso dever constitucional. O governador, Mauro Carlesse, tem dado autonomia para que nós possamos atuar em prol da população nesse sentido, e os resultados têm sido positivos. Estamos tirando das ruas os ilícitos, repreendendo e causando prejuízo à criminalidade”, destacou o comandante geral da PMTO, coronel PM Silva Neto. 

Foram empregados na operação 80 policiais militares, 26 viaturas e o helicóptero da SSP. Estavam presentes na Operação o Chefe do Estado Maior da PMTO, Coronel Wesley,  o Comandante do Policiamento da Capital, Coronel Marques, bem como todos os Comandantes de Batalhões da Capital.

Gisele Burjack / Governo do Tocantins

Polícia Civil apreende 52 mil comprimidos de anfetaminas

Uma ação de combate ao tráfico de drogas, deflagrada na noite desta quinta-feira, 8, em Colinas do Tocantins, pela equipe de policiais civis da 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (1ª Denarc), de Palmas, resultou na apreensão de 52 mil comprimidos de anfetaminas, um veículo, diversos maços de cigarro contrabandeados, cartelas de Cytotec (abortivo), Anabolizantes e Pramil (para impotência). Um suspeito foi preso.

Coordenada pelo delegado-chefe da 1ª  Denarc, Enio Walcácer, as investigações da operação, denominada de Morfeu, tiveram início há dois meses, quando a Denarc levantou informações de que o suspeito preso havia recebido um grande carregamento de drogas e que estaria comercializando o entorpecente e também abastecendo pequenos pontos de venda de drogas em Colinas. Segundo o delegado Enio, os comprimidos apreendidos têm custo estimado de R$ 150 mil.

O Delegado explica que a 1ª Denarc vem monitorando pontos de venda de ribites para caminhoneiros ao largo de todo Tocantins.

“Nesta etapa da operação atuamos na região central, onde havia muitas ocorrências em rodovias envolvendo uso de ribites”, disse Enio Walcácer ao explicar que dessa forma os investigadores chegaram ao ponto de distribuição abordado nesta quinta-feira, localizado no trevo de Colinas, ao lado do pátio de triagem da plataforma multimodal, onde ficam os caminhões.

Nome

Morfeu – O nome da operação é uma alusão ao Deus grego dos sonhos e remete ao efeito causado pelo ribite. O ribite é um psico estimulante, que é usado para manter o motorista acordado, mas que tem como consequências apagões de sono pela sobrecarga do organismo. Além de ser um risco à saude, é uma das principais causas de acidentes em rodovias.

 Shirley Cruz / Governo do Tocantins

Passageira é presa com 20 quilos de drogas em mala

Fonte G1 Tocantins

Quadrilha envolvida com tráfico e roubos é presa pela PM em Gurupi

Uma quadrilha suspeita de roubos em várias cidades da região sul do estado foi presa pela Polícia Militar em Gurupi, neste sábado (27). Durante a abordagem um dos suspeitos acabou sendo baleado, mas foi socorrido pelo Samu e não corre risco de morrer. Ao todo, quatro pessoas foram detidas, inclusive adolescentes.

A Polícia Militar informou que agentes do setor de inteligência, à paisana, identificaram uma moto que havia sido roubada. O veículo estava em uma casa na Avenida Brasília. Os militares tentaram abordar o suspeito, mas ele correu para dentro do imóvel, levando a mão à cintura. Neste momento, o homem foi baleado no ombro pelos PMs.

A polícia informou que dentro da casa encontrou outros dois suspeitos, além de drogas, uma balança de precisão e objetos roubados e furtados em cidades próximas. Os suspeitos informaram que havia mais um membro da quadrilha escondido em outra casa.

Os militares foram até o segundo local e encontraram o outro suspeito com mais porções de maconha. Todos os envolvidos e objetos apreendidos foram levados para a delegacia da Polícia Civil.

Fonte G1 Tocantins

Operação da PMTO e PCTO desarticula tráfico de drogas em Miracema

Na tarde desta sexta-feira, 26, a Polícia Militar, por meio da equipe do Grupo de Operações com Cães (GOC) foi acionada pela DENARC para participar da Operação Conjunta em combate ao tráfico de entorpecentes na cidade de Miracema, que ocasionou na apreensão de 15 tabletes de substância semelhante à maconha, totalizando aproximadamente 10 quilos (prejuízo ao crime estimado em R$ 26.000,00. Um homem acabou morto ao tentar confrontar os policiais. 

A referida Operação vem sendo conduzida pela DENARC, a qual identificou que em determinada área de mata próximo à cidade havia um armazém de entorpecentes, os quais eram mantidos escondidos sendo o recebimento, manutenção e entrega das drogas feito por um homem.

A equipe do GOC recebeu informações da DENARC e adentrou a região delimitada de mata, suspeita de ser local de armazenamento de drogas, para realizar varredura e monitoramento do local, instante em que um homem adentrou a região e estava retirando tabletes de substância semelhante à maconha (12 kg aproximadamente) de um tambor enterrado no local.

Ao tentar resistir a abordagem, o homem efetuou disparos de arma de fogo contra a equipe, a qual revidou a injusta agressão, vindo a alvejá-lo. 

Estiveram no local o SAMU, o Delegado de Plantão, Perícia Técnica e o IML o qual realizaram seus trabalhos.

O homem (32 anos) foi identificado e possui vasta ficha criminal, com antecedentes por crimes de tráfico de drogas e receptação. O mesmo havia desenterrado 15 tabletes de substância semelhante à maconha, que foram apreendidas pelas equipes da operação. 

Revisão: Gisele Burjack

Ascom / BPCHOQUE

Polícia Civil prende homem suspeito por tráfico de drogas em Colméia

Em cumprimento a mandado de buscas, nesta quinta-feira, 25, em Colméia, policiais civis da 45ª Delegacia da cidade, comandados pelo delgado Roberto Assis, efetuaram a prisão em flagrante de um homem de 40 anos, que é suspeito pela prática dos crimes de tráfico de drogas e também de posse ilegal de arma de fogo.

Na oportunidade, durante o cumprimento da ordem judicial, expedido pela Vara Criminal da cidade de Colméia, os policiais civis também apreenderam várias porções de maconha, cocaína, certa quantia em dinheiro em espécie, várias munições intactas, além de uma espingarda, calibre 36, que estavam de posse do autor.

Investigações

Segundo o delegado Roberto Assis, às investigações que resultaram nas apreensões e também na prisão do indivíduo tiveram início há cerca de três meses quando os investigadores da 45ª DPC passaram a monitorar a conduta do investigado, devido ao fato de que, o mesmo pudesse estar envolvido em atividades ilícitas.

“Por meio de investigações descobrimos que o homem preso nesta quinta-feira, poderia estar utilizando sua própria residência para armazenar e também comercializava substâncias entorpecentes”, afirmou a autoridade policial.

Com o aprofundamento das investigações, os policiais obtiveram fortes indícios da prática criminosa e, assim, o Delegado representou junto ao Poder Judiciário por mandado de busca e apreensão para o imóvel do indivíduo, pleito que foi deferido pelo juiz da Comarca local.

De posse da ordem judicial, os policiais civis foram até a residência e, após a realização de buscas encontraram e apreenderam 1,1 kg de maconha, mais de 100 gramas de cocaína, além da arma de fogo e também o dinheiro. Um fato que chamou a atenção das equipes policiais foi que no momento da abordagem, aproximadamente cinco usuários chegaram ao imóvel com a intenção de adquirir drogas, fato comprovado pelos próprios indivíduos.

 Conduzido até a sede da 45ª DP, o homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e também por posse ilegal de arma de fogo. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o suspeito foi recolhido à Casa de Prisão Provisória de Guaraí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Polícia Militar reforça segurança das vacinas contra a Covid-19 armazenadas no Lacen/TO

A Polícia Militar do Estado do Tocantins, por meio das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam), montou um ponto base em frente ao Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen/TO) com intuito de reforçar a segurança das vacinas destinadas à imunização contra a Covid-19.

No último domingo, 21, o Estado recebeu mais 27.050 doses, sendo 4.250 vacinas da AstraZeneca e 22.800 doses da CoronaVac. Os imunizantes atenderão aos grupos prioritários já liberados para vacinação, idosos de 70 a 74 anos, povos e comunidades tradicionais Quilombolas. Até o momento, 93.259 tocantinenses já foram vacinados.

O Lacen é responsável pelo armazenamento das vacinas até que elas sejam conferidas pelo Governo do Tocantins, antes de serem encaminhadas aos municípios para aplicação na população. Conforme a Polícia Militar, a segurança feita no local é importante, pois já há registros, em outros estados, de casos de roubo de vacinas contra a Covid-19.

O comandante-geral da PM, coronel Silva Neto, reforçou que a ação vai ao encontro da missão e dos valores praticados pela corporação.

“A Polícia Militar se preocupa com a comunidade em todos os aspectos, nesse momento de pandemia não seria diferente. Nosso sentimento de servir à comunidade permanece por isso reforçamos a segurança das vacinas para que assim elas cheguem ao seu destino e aos públicos prioritários”.

Nesta quarta-feira, 24, o Tocantins contabilizou 411.002 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 134.176 casos confirmados. Destes, 114.046 pacientes já estão recuperados.

Laiane Vilanova/Governo do Tocantins

Polícia Militar realiza testagem para diagnóstico da Covid-19 na Praça dos Girassóis

Foi realizada pela Polícia Militar na noite desta segunda-feira, 22,  uma ação de testagem rápida para diagnóstico da Covid-19 na Praça dos Girassóis, em Palmas. A testagem gratuita, tanto da tropa quanto da população, faz parte das medidas do Governo do Estado para a contenção ao coronavírus. 

Estima-se que tenham sido realizados aproximadamente 300 testes rápidos para rastrear casos e nortear novas medidas no combate à Covid-19. O resultado, que é imediato, ajuda no controle dos casos positivos, onde há notificação e essas pessoas são encaminhadas para atendimento nas unidades responsáveis.

Durante a semana a Polícia Militar continuará com ações desta natureza nas diversas regiões da capital, sendo necessária apenas a apresentação dos documentos pessoais para a realização do teste. A Polícia Militar do Tocantins é uma referência nacional em ações de polícia de proximidade, cuja atuação ultrapassa a esfera da segurança pública, reforçando seu compromisso com o bem-estar do cidadão tocantinense.

O Chefe de Estado Maior da PM, coronel QOPM Wesley Borges Costa e a subdiretora da Diretoria de Saúde e Proteção Social (DSPS), major Melissa Vasconcelos, acompanharam as testagens. “A Polícia Militar se preocupa com a comunidade em todos os aspectos. Diante da pandemia, a Polícia não se esquivou em tentar ajudar e com isso, promover a detecção e a orientação às pessoas que porventura queiram fazer a testagem. Ela é gratuita e também é uma forma da PM estar inserida entre a comunidade mostrando que se importa com ela”, afirmou a major Melissa.

Gisele Burjack / Governo do Tocantins

Homem é preso pela Polícia Militar por furto em Araguaína

A Polícia Militar prendeu, na manhã deste domingo, 21, no Setor Planalto em Araguaína, um homem, 28 anos, por furto. Com o suspeito foram localizados: quatro smartphones, uma máquina fotográfica, uma quantia pecuniária em espécie, duas porções de substância análoga à maconha e uma máquina de lavar de cor branca.

Após acionados via SIOP – Sistema Integrado de Operações, a equipe do 2º Batalhão deslocou ao endereço, onde realizaram a abordagem ao suspeito: um homem, 28 anos, que ao ser questionado assumiu a autoria do furto de uma máquina de lavar.

O mesmo afirmou que trocou o eletrodoméstico por pedras análogas à crack em um ponto de venda de entorpecentes. Já no local mencionado foram encontradas: a referida máquina de lavar de cor branca, quatro smartphones, duas porções de substância semelhante à maconha e uma quantia pecuniária em espécie.

Diante dos fatos, o homem, o entorpecente e os objetos recuperados foram apresentados na Central de Flagrantes de Araguaína para os procedimentos legais

 (Revisão: Gisele Burjack)

 Ascom 2º BPM

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS