Concluída vacinação contra covid-19 para profissionais da linha de frente em Araguaína


A Prefeitura de Araguaína concluiu nesta terça-feira, 2, a vacinação do primeiro público-alvo contra covid-19. Foram imunizados 1.304 profissionais da saúde que atuam na linha de frente contra a pandemia e 48 idosos que moram em casas de acolhimento, totalizando 1.352 doses aplicadas.
 
De acordo com a coordenadora de Imunização do Município, Samilla Braga, foram ofertadas 1.969 doses, mas alguns profissionais optaram por não vacinar. “Foram necessários 13 dias para esse primeiro grupo, porque alguns profissionais não compareceram para receber a vacina e assim os vacinadores tiveram que retornar algumas vezes nos locais para tentar atender esses profissionais”, explicou.
 
A última instituição a receber a imunização nesta terça-feira, 2, foi a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), onde a médica Mariana Batalha, 23 anos, compareceu para aplicação da vacina. “É importante principalmente para gente da saúde ficar protegido, já que lidamos com doenças o tempo todo. Vejo que muitas pessoas estão com medo, mas toda medicação tem prós e contras e tenho certeza de que essa vacina tem muito mais prós do que contras”, afirmou.
 
A também médica da UPA Bruna Carneiro, 27 anos, entende que o momento é de pensar no coletivo. “Todos precisam ser imunizados para salvar vidas. Eu tive covid-19 há 30 dias, com sintomas leves, mas sei como a doença é perigosa porque fiz primeiros atendimentos em pessoas com falta de ar, o que é um indicativo grave.”, relatou.  
 
Em toda a saúde
Araguaína seguiu as estratégias contidas no Plano Nacional de Vacinação desenvolvido pelo Programa Nacional de Imunizações. As doses foram aplicadas por duas equipes compostas por enfermeiro, técnicos de enfermagem e digitadores.
 
Em Araguaína, foram imunizados os profissionais que atuam no combate a covid-19 do Hospital Municipal Eduardo Medrado, Hospital Municipal de Campanha, Hospital Regional de Araguaína, Hospital de Doenças Tropicais, Hospital e Maternidade Dom Orione, Instituto Sinai, UPA, SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins), Plantão de Óbito da Prefeitura (POP), Hemocentro e CMI (Central Municipal de Imunização).
 
Próxima etapa
A continuidade da campanha será destinada aos demais profissionais da saúde que atuam nos hospitais e nas unidades básicas de saúde (UBS). Serão aplicadas as 1.148 doses restantes da Coronavac, da qual foram recebidas 2.300, e depois serão administradas as 2.340 doses da Astrazeneca, que chegaram ao Município na última sexta-feira, 29. Todos os imunizados receberão a segunda dose, como prevê o plano nacional.

Marcelo Martin
Foto: Marcos Sandes/Ascom

 


OUTRAS NOTICIAS

Issam Saado faz balanço do ano e fala sobre expectativas para 2021

Dado o início do ano legislativo na Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) nesta segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021, o deputado estadual Issam Saado (PV) declarou que tem a expectativa de um ano melhor do que o passado, com respostas mais incisivas à sociedade, como a melhoria da economia ao tempo em que a população for vacinada contra a covid-19.

“O ano de 2020 foi difícil, atípico, e ainda assim o trabalho político foi contínuo. Não só pela responsabilidade representativa do parlamento, como também pelo cumprimento de seu papel na tomada de decisões que impactaram a vida do povo”, relembrou o deputado.

“Houve muito trabalho, muitos de nossos projetos e requerimentos foram aprovados e conseguimos atuar na assistência social às famílias que mais estavam vulneráveis no período de pandemia. A Assembleia trabalhou em conjunto com o Governo, com destaque para a distribuição de cestas básicas através da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas). Nós destinamos cerca de R$1 milhão de reais”, afirmou ao garantir que dará continuidade ao trabalho tanto na Casa de Leis, como nas bases, como sempre fez desde antes do início de seu mandato.

“Visitar os municípios e correligionários é uma forma de estar sempre próximo das pessoas e acompanhar as demandas das cidades. O meu trabalho sempre foi pautado pelas necessidades do povo e é por isso que sempre busco ouvi-los, independente da época. Isso me dá segurança, satisfação e alegria”, conclui. 

 


OUTRAS NOTICIAS

Parlamentares destacam harmonia entre Poderes

A harmonia entre parlamentares e equipe do Governo Mauro Carlesse (DEM) foi destacada nesta terça-feira, 2, durante sessão de abertura dos Trabalhos Parlamentares. A nova Mesa Diretora iniciou as atividades com a presença do secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal, que apresentou a mensagem do Governo, com balanço das ações de 2020 e projeções e perspectivas para 2021. 

O deputado Ricardo Ayres (PSB) enfatizou a importância da parceria entre os Poderes. “A Assembleia é corresponsável pelo sucesso ou insucesso do Governo. Por isso, é preciso manter a harmonia com os demais poderes, cada um na sua competência”, disse. 

Ayres comentou que o Governo tem se esforçado para manter a estabilidade fiscal, e em virtude disso conseguir manter os compromissos e os investimentos. “É necessário equilibrar custeio e investimentos, um grande desafio porque, com os anos, os recursos diminuem, as despesas aumentam e limitam as decisões na aplicação na área social e em obras estruturantes”, avaliou. 

Presidente da Assembleia, Antonio Andrade (PTB) destacou que tem conduzido a Casa com harmonia e buscado manter a parceria com o Governo, a fim de que o Parlamento possa dar sua contribuição e ajudar no desenvolvimento do Estado. “Precisamos garantir ao povo a continuidade dos serviços públicos necessários, obras e ações que beneficiem a população”, afirmou. 

O deputado Nilton Franco (MDB) também comentou sua satisfação em ver o Governo abrir as portas para prefeitos e gestores e atender suas demandas. Ele enfatizou sua expectativa para a execução das emendas de sua autoria em obras nos municípios do Vale do Araguaia. 

Franco citou algumas conquistas, como a previsão da implantação de UTI no Hospital Regional de Paraíso do Tocantins e reforma, além da implantação do curso de Medicina, da faculdade Unirg e também a pavimentação asfáltica na região do Vale do Araguaia. 

Os deputados também elogiaram as decisões e iniciativas tomadas durante a pandemia, com o objetivo de amenizar os prejuízos na economia e garantir a assistência e a vacinação contra a covid-19. 

A deputada Valderez Castelo Branco (PL) mencionou o empenho do governador Mauro Carlesse nas áreas de Saúde e Educação, ao autorizar o retorno das aulas com os devidos cuidados, bem como a organização e o esforço da equipe da Saúde em promover a vacinação com planejamento e assistência às vítimas do novo coronavírus.

Por Maisa Medeiros
 

OUTRAS NOTICIAS

Prefeitura de  Wanderlândia inicia  pavimentação asfáltica  da Avenida Bernardo Sayão

Nesta segunda-feira (01), a prefeitura Municipal de Wanderlândia, por meio da secretaria transporte, obras e urbanismo iniciou a obra de pavimentação asfáltica, em CBUQ da Avenida Bernardo Sayão, umas das principais vias da cidade.

O prefeito, Djalma Júnior esteve acompanhando o início dos trabalhos, e destacou a importância da obra para a melhoria na infraestrutura da cidade. 

“Essa é mais uma vitória da comunidade e demostra o empenho e o compromisso da nossa administração. Além de trazer dignidade, o asfalto traz mobilidade urbana os motoristas e pedestres. Fico muito feliz em estar cumprindo meu papel como prefeito de Wanderlândia, com ações que trazem mais dignidade e conforto para os moradores.” Comemorou o chefe do executivo.


OUTRAS NOTICIAS

Arthur Lira é eleito presidente da Câmara em 1º turno

O deputado Arthur Lira (PP-AL) é o novo presidente da Câmara dos Deputados. O parlamentar foi eleito nesta segunda-feira (1º), em primeiro turno, com 302 votos e comandará a Casa no biênio 2021-2022. Em segundo lugar ficou o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), com 145 votos. 

Ao todo, 503 deputados votaram. Oito candidatos disputaram a eleição para o cargo de presidente da Câmara. Em seu primeiro ato como presidente, Arthur Lira anulou a votação dos demais cargos da mesa diretora. O parlamentar determinou a realização de uma nova eleição para a escolha de seus integrantes nesta terça-feira (2), às 16h. 

Pelo ato de Lira, a escolha dos candidatos terminará às 11h desta terça e o registro das candidaturas vai até as 13h. A definição dos nomes para os cargos segue o critério de proporcionalidade, dessa forma considera o tamanho das bancadas. A mesa diretora é composta por 11 cargos: presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e seus suplentes.

“Considerando que neste momento apenas o cargo de presidente foi apurado, cargo excluído da proporcionalidade partidária, permitindo a candidatura de qualquer deputado e que nenhuma candidatura apresentada a este cargo foi indeferida. Considerando que ainda não é conhecida a vontade deste soberano plenário, quanto à parte equivocada, relativas aos demais cargos, decide tornar sem efeito a decisão que deferiu o registro do bloco”, argumentou. 

A decisão cancelou a formação do bloco de Baleia Rossi, formado por 10 partidos (PT, MDB, PSDB, PSB, PDT, Solidariedade, PCdoB, Cidadania, PV e Rede). Segundo Lira, o bloco foi protocolado após o término do prazo. Segundo o PT, o sistema da Câmara dos Deputados travou 20 minutos antes do fim do prazo, inviabilizando o protocolo no prazo.

Atuação harmônica

Ao iniciar seu discurso como presidente, Lira pediu um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da pandemia de Covid-19. O parlamentar afirmou que a pandemia deve ser enfrentada com uma “atuação harmônica dos poderes sem abrir mão da independência” entre Legislativo e Executivo.

“Precisamos urgentemente amparar os brasileiros que estão em caso de desespero econômico; analisar como fortalecer nossa rede de proteção social; vacinar, vacinar e vacinar a população; e buscar o equilíbrio das contas públicas”, argumentou.

Ao discursar antes da votação, Lira afirmou que haverá reunião de líderes partidários às quintas-feiras para construir a pauta de votação. Além disso, serão definidos os relatores das propostas, respeitada a proporcionalidade partidária.

“Quando um deputado ou deputada atinge a presidência [da Casa], é imposta automaticamente a perda da mais fundamental prerrogativa parlamentar, a de votar”, disse. “Isso quer dizer que o presidente não pode ter posições pessoais.”

Votação

O deputado Fábio Ramalho (MDB-MG) ficou em terceiro lugar com 21 votos; Luiza Erundina (PSOL-SP), com 16 votos; Marcel van Hattem (Novo-RS), com 13 votos; André Janones (Avante-MG), com 3 votos; Kim Kataguiri (DEM-SP), com 2 votos; e General Peternelli (PSL-SP), com 1 voto. Também foram registrados 2 votos em branco.

Por Heloisa Cristaldo – Repórter da Agência Brasil  – Brasília

 


OUTRAS NOTICIAS