Conecte-se conosco

GIRO DE NOTÍCIAS

Projeto “E se eu fosse o autor?” recebe prêmio nacional de inovação

06-10 - Comissão julgadora do Prêmio Tenlecentros Brasil 2014A Associação Telecentro de Informação e Negócios – ATN e a Comissão Julgadora do Prêmio Telecentros Brasil, composta por representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério das Comunicações, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, SEBRAE Nacional, Grupo TICKET e a AME, concederam à Associação Casa da Árvore o prêmio Telecentros Brasil 2014, pelo projeto “E se eu fosse o autor?” – Laboratório Criativo de Literatura e Tecnologia. A iniciativa foi vencedora na categoria Inovação em Sustentabilidade Social. O resultado foi divulgado no último dia 24 de setembro. A premiação acontece durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, no próximo dia 16 em Brasília – DF, às 16 hà, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade.

O projeto premiado foi desenvolvido originalmente em Palmas, Tocantins, pela ONG Casa da Árvore – Cultura Digital e Aprendizagem Criativa, e desde o início do ano passou a ser implantado junto à rede municipal de ensino de Senador Canedo, região metropolitana de Goiânia – GO. Em terras goianas, a iniciativa transformou o telecentro da Biblioteca Municipal Arlete Tenório de Castro, na cidade de Senador Canedo-GO, no Laboratório Criativo de Literatura e Tecnologia. Em Palmas o projeto foi recentemente aprovado, com maior nota classificatória, pelo Programa de Incentivo à Cultura, Promic 2014. Na capital tocantinense a ONG aguarda a liberação dos recursos para levar essa metodologia de incentivo à leitura para escolas rurais e de tempo integral do município.

O Lab Criativo é o ambiente de experimentação didática, artística e tecnológica onde semanalmente crianças e adolescentes, alunos da rede pública municipal, se encontram para criar suas próprias histórias e contá-las da sua forma, no contraturno da escola.

Para isso a equipe da ong Casa da Árvore media experiências de leitura e estimula o acesso espontâneo ao acervo explorando e ampliando a vivência dos alunos com a cultura digital. As narrativas impressas nos livros ou lidas na tela do celular inspiram os participantes a explorarem novas formas expressão artística e participação social, que surgem da sua relação com a internet, o telefone celular e o computador. Nesse itinerário as crianças e adolescentes vão aproximando a leitura literária e a autoria dos hábitos do seu cotidiano, como fotografar, editar imagens, compartilhar vídeos ou mesmo contar uma história coletivamente em um grupo do Whatsapp.

Também é do Lab Criativo que a equipe pedagógica do projeto “E se eu fosse o autor?” busca experiências de ensino que são sistematizadas em recursos didáticos e projetos de aprendizagem. Com este material o Lab Criativo recebe semestralmente 15 professores das escolas municipais interessados em explorar a cultura digital no exercício da sua atividade docente. Nestes momentos o telecentro premiado atua como um espaço de produção e difusão de conhecimento para toda a comunidade escolar de Senador Canedo, ajudando a rede municipal a desenvolver sua vocação para inovação.

O projeto “E se eu fosse o autor?” é uma tecnologia social desenvolvida pela Casa da Árvore – Cultura Digital e Aprendizagem Criativa e tem sua realização em parceria com a Prefeitura Municipal de Senador Canedo, por meio da Secretaria Municipal de Educação e o patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Integração Petrobras Comunidades. “Acolhemos o desafio proposto pela Casa da Árvore por reconhecer a necessidade de estimular a cultura de inovação em práticas pedagógicas entre nossos professores. Estamos conseguindo fazer isso com a participação dos próprios alunos. A experiência da ong, associada a percepção que a equipe pedagógica do município tem dos desafios da rede (municipal de ensino), tem gerado resultados que estão sendo incorporados nos nosso projeto políticos pedagógicos”, destacou Edvânia Bras, secretária de educação de Senador Canedo.

A presidente da ong Casa da Árvore, Leila Dias, destacou algumas estratégias encontradas para a execução do projeto que sugerem uma nova abordagem para a cultura digital dentro do projeto político pedagógico do ensino fundamental,  “a formação continuada de professores a partir de práticas experimentais desenvolvidas dentro da sua carga horária, a exploração do universo (equipamentos e hábitos) tecnológico particular dos alunos e o aproveitamento de espaços e situações informais para ampliar a experiência tecnológica são indicações que podem ajudar a vencer esse abismo que existe entre a função da escola e o interesse dos alunos”. 

O coordenador geral do projeto, Aluísio Cavalcante, explica que ao final desse ano espera publicar relatos das experiências de professores e escolas municipais na reaplicação das propostas pedagógicas do Lab Criativo em sala de aula. “Só neste semestre estamos com 12 projetos de aprendizagem sendo realizados simultaneamente em 16 escolas diferentes, pelos professores que participam desse processo de formação continuada. Cada experiência desse tem resultado em planos de aulas e objetos de aprendizagem que estamos colocando à disposição de educadores de todo o Brasil, por meio dos nossos canais sociais”.

O projeto “E se eu fosse o autor?” foi reconhecido como tecnologia social, ainda em 2011, pelo Prêmio Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil. Recentemente teve sua reaplicação contemplada pelo Programa de Incentivo à Cultura – Promic 2014, realizado pela Prefeitura de Palmas – TO. Para esta reaplicação está prevista o desenvolvimento de ações junto a escolas rurais de tempo integral.

 O Prêmio Telecentros Brasil 2014 também reconheceu outras cinco iniciativas inovadoras em todo o Brasil, nas categorias: Orientação e Capacitação; Inovação em Sustentabilidade Ambiental, Inovação em Sustentabilidade Empreendedora, Telecentro Destaque e Personalidade do ano em Inclusão Digital. O resultado completo pode ser conferido logo abaixo ou no site da ATN.

Conheça os vencedores das outras categorias

Categoria Orientação e Capacitação: Telecentro Comunitário de Lavras Doutora Dâmina – Lavras – MG. O Telecentro tem o objetivo de oferecer ao município de Lavras – Minas Gerais, um serviço diferenciado, por intermédio de uma gestão planejada de orientação e capacitação profissional por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação – TICs e ensino de qualidade. Neste sentido, busca-se promover o inter-relacionamento entre o setor empresarial e o mercado de trabalho, qualificando os cidadãos em um ambiente de inclusão digital, bem como de cursos, palestras, oficinas, dentre outras, a fim de que eles possam contribuir para o desenvolvimento social da região na qual estão inseridos.

Categoria Sustentabilidade Empreendedora: Centro de Reintegração Deus Proverá – CRDP – Planaltina – DF. O Telecentro tem o objetivo de proporcionar conhecimento aos carentes da comunidade e seus familiares – sendo uma referência na inclusão digital e na ressocialização de homens com vulnerabilidade social, incluindo-os como empreendedores no mercado de trabalho.

Categoria Telecentro Destaque: Telecentro Parque – Rio Branco – AC. O Telecentro tem o objetivo de promover a inclusão digital e social das comunidades atendidas, reduzindo a exclusão social e criando oportunidades aos cidadãos, também promover e servir a comunidade de seu entorno e levar qualificação profissional e acesso gratuito e de qualidade a internet e suas tecnologias.

Categoria Personalidade em Inclusão Digital: Srª. Zélia dos Santos, Coordenadora do CRC – Gama – DF pela excelência e importância de seus trabalhos para a inclusão digital e social na comunidade onde atua. O Centro de Recondicionamento CRC-Gama faz parte do programa Computadores para Inclusão, financiado e coordenado pela Secretaria de Inclusão Digital do Ministério das Comunicações- SID/MC. Os focos do projeto CRC são a capacitação dos jovens para o mercado de trabalho e o recondicionamento de computadores, bem como, a viabilização de equipamentos de informática em plenas condições operacionais para telecentros, bibliotecas e escolas públicas.

 Leia outras notícias no nosso site 

 Entenda o funcionamento do projeto(link)

Assista ao vídeo institucional do projeto (link)

Continue lendo

GIRO DE NOTÍCIAS

Ao anunciar renúncia para 3 de abril, Amastha diz que experiência como prefeito lhe dá força para fazer mais por Palmas e pelo Estado

“Foram cinco anos de trabalho incansável  que fizeram Palmas melhorar em todas as áreas”, disse Amastha, pré-candidato ao governo do Tocantins.

“Amada Palmas, está chegando a hora; vamos que vamos”, escreveu o prefeito Carlos Amastha nesta terça-feira, 6, no Twitter, ao anunciar sua renúncia ao cargo para concorrer a governador do Tocantins para o próximo dia 3 de abril, às 8h45, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, onde fará a prestação de contas dos seus cinco anos  à frente do Prefeitura da Capital e transmitirá o cargo à prefeita em exercício Cinthia Abreu.

“São cinco anos de um trabalho incansável, mas de muito orgulho ao ver uma cidade transformada para melhor em todas as áreas, fruto de uma administração focada em fazer a cidade ser do palmense. Enfrentamos muitos desafios, inclusive a desconfiança de muitos que não acreditavam, primeiro na nossa vitória nas urnas e segundo no sucesso de nossa gestão”, ressaltou o prefeito.

Uma gestão moderna e transparente

Amastha lembrou que os resultados estão bem visíveis e mostram que, apesar dos desafios ainda a serem enfrentados, a política de modernização da gestão, a partir de critérios transparentes, colocou Palmas no lugar que ela merece estar, sendo referência nacional em áreas como educação e meio ambiente.

“O meu amor por Palmas e pelo Tocantins vai muito além da política, mas a experiência, como gestor e ser humano, à frente da Prefeitura, foi extremamente enriquecedora e me dá força para fazer ainda mais para a nossa Capital e nosso Estado”, lembrou Amastha.

Continue lendo

GIRO DE NOTÍCIAS

Mais do mesmo: farsa e tragédia

Na manhã deste último sábado, 27, o Governador Marcelo Miranda, em evento do PMDB (agora MDB) confirmou que disputará a reeleição. “Sumido” nos últimos meses, o Governador “reapareceu” em tom de campanha. Ele, como muitos pensavam, não está morto politicamente. Mas respira por aparelhos. O que as más línguas, a boca pequena já comenta, é que Marcelo e Siqueira estarão juntos no mesmo palanque nas eleições deste ano. Isto mesmo que você acabou de ler, caro leitor. Juntos! Obviamente que todos sabemos que eles pertencem a mesma origem. Marcelo Miranda foi eleito Governador a primeira vez apoiado por Siqueira, na extinta União do Tocantins. Depois de eleito “racharam” e tornaram-se opositores. Um velho filósofo dizia que a história se repete como farsa ou tragédia, neste caso em específico, as duas coisas. O Prefeito de Palmas, Carlos Amastha, desponta em todas as pesquisas com indicador muito acima dos demais. Ganha em todos os cenários e de todos os pretensos candidatos. Claro que estes números representam um percentual midiático, mas dado os cenários hipotéticos, dificilmente sofrerá alteração drástica.

Atribuo a isto essa possível e provável reconciliação entre Siqueiras e Mirandas. É a única forma que eles acreditam que possam “vencer” o Amastha, que por sua vez se consolida a cada dia. Só um detalhe mais do que determinante, subestimar a inteligência do povo é um erro crasso. Veja: ninguém entende uma anomalia dessas. Essa união é em nome de quê? Quais interesses? Quais projetos? Quais nacos populares? Nada! Apenas a tentativa quase desesperada de manter-se no poder a qualquer custo, não importa a forma e o método. Vão perder abraçados. Até abril, muita água vai rolar debaixo dessa ponte, mas como diria Mário Quintana:“Ninguém entra duas vezes no mesmo rio, sempre é um novo rio a passar”

 

Continue lendo

                   

Destaque4 horas atrás

Eleições 2022: restrições para agentes públicos começam a valer

Medidas estão previstas na Lei das Eleições.

Política21 horas atrás

Nova presidente da Caixa assume cargo na terça-feira

Daniella Consentino assinou hoje o termo de posse.

Destaque1 dia atrás

Governo do Tocantins recebe primeira parcela do contrato de operação de crédito de R$ 230 milhões para obras

Recebidos do Banco do Brasil nesta sexta-feira, 1º de julho, de R$ 100 milhões, serão utilizados em investimento na saúde...

Destaque2 dias atrás

Por intermédio da senadora Kátia, Defensoria Pública recebe doação de contêineres do tipo escritório

Agora, a Defensoria realizará uma análise técnica para o melhor uso dos módulos, bem como a unidade da Defensoria em...

Política2 dias atrás

Prefeito Wagner pode acabar com os empregos ligados aos vereadores do MDB na Prefeitura

Desde a gestão do ex-prefeito Ronaldo Dimas, os contratos temporários duram seis meses, de janeiro a junho, tendo início a...

Destaque2 dias atrás

Governo do Tocantins tem autorização para operação de crédito de R$ 230 milhões

Extrato será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 29.

Política2 dias atrás

Vereador Folha é eleito presidente da Câmara de Vereadores de Palmas

O vereador José do Lago Folha Filho (PSDB), mais conhecido como Folha, foi eleito para ocupar o cargo da presidência...

Política3 dias atrás

Agir 36 realiza evento para apresentar pré-candidatos em Gurupi no dia 6

A executiva estadual do Agir 36 (antigo PTC) está convidando os filiados ao partido para o primeiro encontro estadual da...

Destaque3 dias atrás

Em Palma, Gleisi Hoffmann disse que está trabalhando para unir os partidos em torno da candidatura de Paulo Mouro

Gleisi Hoffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, teve o primeiro encontro da federação “Brasil Esperança” no Tocantins nesta quinta-feira,...