Prefeitura de Gurupi emite novo decreto que trata das medidas de enfrentamento à Covid-19

A Prefeitura de Gurupi emitiu nesta terça-feira, 9, novo decreto em que mantém declarada situação de emergência em saúde pública e deu novas medidas, e ainda manteve outras recomendações para o enfrentamento à pandemia do Coronavírus. O documento de nº 372/2021 pode ser conferido aqui, e no site da prefeitura de Gurupi, no Diário Oficial.

Dentre as medidas está a suspensão por prazo indeterminado das atividades em boates, casas noturnas, colação de grau, eventos culturais, shows artísticos, educacionais e científicos, e velórios, quando a causa do óbito for decorrente de caso confirmado ou suspeito para a Covid-19.

As atividades da administração municipal também estão limitadas por prazo indeterminado, o horário de atendimento segue das 8 às 14 horas, exceto nas unidades de saúde, conselhos tutelares e demais atividades essenciais.

A Universidade de Gurupi – UnirG poderá retornar às atividades presenciais, aulas teóricas, práticas e estágios, nos Campi Universitários, Clínicas Escolas, Estágios Supervisionados, mediante o cumprimento do Plano de Contingência para o retorno presencial e orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Estão liberadas por prazo indeterminado, mediante o cumprimento das medidas de segurança, as clínicas odontológicas autorizadas a realizar atendimentos eletivos; o funcionamento dos campos de futebol; leilões bovinos; os laboratórios de informática do Senac Gurupi; salas de leitura e bibliotecas; cursos livres das escolas de idiomas e música; o Parque Infantil do Mutuca; e o Cinema Mobi Cine Gurupi. Todas as medidas referentes ao funcionamento desses locais devem ser conferidas no citado Decreto.

Os estabelecimentos comerciais do ramo de supermercados devem manter o funcionamento em regime diferenciado, dentre as recomendações estão estabelecer lotação máxima; respeitar o espaçamento mínimo de 2 metros entre as pessoas; oferecer EPIs aos funcionários; e colocar à disposição de clientes e funcionários máscaras, luvas descartáveis, pias com água corrente e sabão, álcool em gel 70%. As demais orientações devem ser observadas no Decreto.

Estabelecimentos do ramo alimentício; distribuidoras de bebidas; feiras livres; os estabelecimentos comerciais não previstos no Art. 11, que trata de suspensão de funcionamento; templos religiosos; academias de ginástica; e academias ao ar livre estão com funcionamento liberado, mas também mediante ao cumprimento das medidas de segurança determinadas pelo decreto, que segue orientações dos órgãos oficiais de saúde.

Também está decretado que nenhum estabelecimento comercial poderá permanecer aberto entre 24 horas e 5 horas da manhã, exceto farmácias, drogarias, postos de combustíveis, borracharias e oficinas de veículos.

Mais detalhes podem ser conferidos no Decreto Nº 372/2021 publicado no Diário Oficial de Gurupi (DOMG), edição Nº 177.

Divulgação/Secom Gurupi

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Nuamac Araguaína cobra políticas públicas para venezuelanos e pessoas em situação de rua

O Núcleo Aplicado de Minorias e Ações Coletivas (Nuamac), da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) em Araguaína, norte do Estado, voltou a discutir as condições dos imigrantes venezuelanos e pessoas em situação de rua da cidade. O assunto foi o foco de uma reunião da Instituição com representantes da nova gestão da Prefeitura de Araguaína, do Ministério Público do Trabalho (MPT-TO), faculdades e instituições religiosas locais.

Um dos encaminhamentos da reunião foi a necessidade de um cadastro da população em situação de rua para que possa subsidiar as próximas ações, como a criação de políticas públicas permanentes que serão apresentadas no Plano Plurianual (PPA). “O nosso objetivo é elaborar um protocolo de atuação da gestão pública e transformar em uma lei municipal, porque assim a gente evita que a cada gestão haja uma mudança de posicionamento em relação a essa população”, ponderou o coordenador do Nuamac Araguaína, defensor público Pablo Mendonça Chaer.

A Prefeitura informou que realizará ações junto a esse público nos próximos dias e que vai levantar estatísticas dessa vulnerabilidade por meio do serviço de banheiro público, que foi implantado no início da pandemia em uma praça no centro de Araguaína, para higienização dos moradores e distribuição de kits de higiene pessoal. Os dados de uso desse serviço serão enviados para a DPE-TO.  

Venezuelanos

A situação dos imigrantes venezuelanos também foi tratada na reunião. Foi constatado que existem dois núcleos na cidade: um de indígenas e outro de não indígenas, sendo cerca de sete famílias. O MPT-TO apontou que existem verbas próprias e internacionais que podem garantir um projeto para a população venezuelana, semelhante ao modelo que foi implantado em Santarém (PA), onde há um local para trabalhos artesanais, com creche para crianças.

Essa demanda deve ser pauta de nova reunião com representantes dos venezuelanos e outros órgãos envolvidos, como a Fundação Nacional dos Índios (Funai) e a Polícia Federal.

Autor(a): Keliane Vale

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para obras do Hospital Geral de Araguaína nesta quinta, 11

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, cumprirá agenda nesta quinta-feira, 11, em Araguaína, onde assinará a Ordem de Serviço para início imediato das obras de construção do Hospital Geral de Araguaína (HGA) e prestigiará a solenidade da formatura do 1º Curso de Policiamento Ostensivo Rural do Tocantins, realizado no 2º Batalhão da Polícia Militar, em Araguaína. O evento estava previsto para ocorrer na última sexta-feira, 5, mas teve que ser adiado devido às fortes chuvas que caíam no município.

A assinatura da Ordem de Serviço ocorrerá, às 15 horas, no canteiro de obras do HGA. O Hospital vai contar com 400 leitos, melhorando o acesso aos serviços de média e alta complexidade em saúde, na região norte do Tocantins. As obras estão divididas em três etapas e, para a primeira fase, estão sendo destinados R$ 30 milhões do orçamento do próprio Estado.

Quando estiverem prontos, os 400 leitos da unidade hospitalar serão subdivididos da seguinte forma: 120 leitos para clínica médica, 87 para leitos de cirurgia, 70 para leitos de ortopedia, 11 para leitos de psiquiatria, dois para leitos de obstetrícia, dois para leitos de pediatria, 28 para leitos para especialidades diversas, 60 para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 para leitos de Unidade de Cuidado Intermediário; além de Pronto-Socorro para atendimento diário de mais de 150 pessoas, setores de oncologia, de diálise, laboratórios e toda a área administrativa.

Curso Policiamento Ostensivo

Ainda em Araguaína, o governador Carlesse vai prestigiar a solenidade de formatura do 1º Curso de Policiamento Ostensivo Rural do Estado do Tocantins, realizado no 2º Batalhão da Polícia Militar, que ocorrerá, às 16 horas, no Quartel do 2º BPM.

O curso, iniciado em dezembro de 2020, conta com 29 formandos que foram capacitados na doutrina de policiamento rural, práticas de prevenção aos crimes, abordagem em ambiente rural, noções de sobrevivência no Cerrado, direção off-road, dentre outros.

Na oportunidade, o governador Carlesse fará a entrega de equipamentos, de uso não letal, que contribuirão para o policiamento preventivo e intensificação das ações de combate à criminalidade em Araguaína e região. São 200 munições AM403P (elastômero); um lançador AM640; e oito granadas de gás lacrimogêneo.

Vania Machado/Governo do Tocantins

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deputados definem líderes de blocos partidários

A composição dos blocos partidários e suas lideranças foram comunicados na sessão matutina à Mesa Diretora nesta quarta-feira, 10. O bloco composto por maior número de partidos será o do PTB, cidadania, PSB, PR e PCdoB. O bloco será liderado pelo deputado Eduardo do Dertins (Cidadania). Outros membros da bancada são os deputados Ricardo Ayres (PSB), Antonio Andrade (presidente da Casa) Fabion Gomes (PR) e Ivory de Lira (PCdoB).

O MDB, sigla com o maior número de parlamentares, forma bloco com o DEM e continuará com a liderança do deputado Elenil da Penha (MDB), composta pelos demais pelos emedebistas Jair Farias, Nilton Franco, Jorge Frederico e Valdemar Júnior e pelo democrata Eduardo Siqueira Campos.

A bancada dos partidos (SD, PROS e PSL) tem como líder do bloco o deputado Vilmar do Detran (SD) e sua bancada é composta pelos deputados Leo Barbosa (SD), Vanda Monteiro (PSL), Amélio Cayres (SD) e professor Junior Geo (PROS).

Já o bloco do PSDB, PP e PTC, composto pelos deputados Cleiton Cardoso (PTC), Valderez Castelo Branco (PP) e Luana Ribeiro(PSDB), terá como líder o deputado tucano, Olyntho Neto.

O PT, dos deputados, Amália Santana e Zé Roberto, forma bloco com o PV, de Issan Saado e Cláudia Lelis, e será liderado pelo deputado petista Zé Roberto Lula.

Por Maisa Medeiros
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coronel Wesley Borges Costa é nomeado como Chefe de Estado Maior da PMTO

Foi nomeado pelo governador do Estado, Mauro Carlesse, como Chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Tocantins (PMTO), o coronel Wesley Borges Costa. Ele é o primeiro oficial formado no Estado a assumir um cargo na cúpula da instituição. O coronel Wesley assessorará o comandante-geral nos assuntos pertinentes à corporação, podendo substituir o mesmo nos seus impedimentos, já que acumula também a função de subcomandante da Polícia Militar, conforme a Lei Complementar nº 079 de 27 de abril de 2012.

 O Chefe do Estado Maior é nomeado por ato do Chefe do Poder Executivo mediante indicação do Comandante Geral, dentre os coronéis da ativa pertencentes ao Quadro de Oficiais Policiais Militares (QOPM) e tem precedência funcional sobre os demais policiais militares, exceto sobre o Comandante Geral.
 
O coronel Márcio Barbosa de Mendonça deixa o cargo que assumiu em 2019 para dar lugar ao coronel Wesley, que atuava no Comando do Policiamento da Capital (CPC).

Antes de alcançar o segundo cargo mais importante na PMTO, o oficial se destacou em diversas funções na carreira, dentre elas, a chefia da Assessoria Militar da Assembleia Legislativa; Diretoria de Saúde e Proteção Social da PMTO e Comandante do Policiamento da Capital.
 
Perfil do novo CHEM

O coronel Wesley Borges Costa é Casado com a Subtenente enfermeira Naianny Alves Rocha, pai de Djalma Djalma Augusto Borges Alves e Valentina Borges Costa Alves. Nasceu em 28 de janeiro de 1982, e realizou seu Curso de Formação de Oficiais pela PMTO, na Academia de Polícia Militar Tiradentes, em Palmas-TO, no período de 2003 a 2006. O referido curso equivale ao bacharelado em Segurança Pública, em convênio com a Universidade Estadual do Tocantins. Também é bacharel em direito, e dentre outros títulos, pós-graduado MBA em Gerenciamento de Projetos Governamentais pela Fundação Universidade do Tocantins (UNITINS); pós-graduado em Ciências Jurídicas pela Universidade Cidade de São Paulo (UNICID); Mestre em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública pela Academia de Polícia MIlitar do Barro Branco da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Unidades em que trabalhou 

O coronel Wesley já passou pelo 1º Batalhão de Polícia Militar em Palmas exercendo a função de p/3 e comandante da Casa de Prisão Provisória; 3º Batalhão de Polícia Militar em Pedro Afonso; na Assessoria Técnica de informática e Telecomunicações no QCG; 1ª Companhia em Arraias, comandando o pelotão de Taguatinga; Assessoria de Gestão Pública e Qualidade do comando Geral; Ajudante de Ordens do Comandante-geral; Diretor do Colégio da Polícia Militar; Assessor Militar junto a Assembleia Legislativa; Diretor de Saúde e Promoção Social da PMTO e Comandante do Policiamento da Capital.

 Ascom PMTO

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS