Portal omelhordaamazônia revela gastos exorbitantes da Câmara Municipal com produtos de luxos

Portal omelhordaamazônia revela gastos exorbitantes da Câmara Municipal com produtos de luxos

Vereadores de Araguaína ostentam com dinheiro público enquanto pacientes caducam nas filas de postos de saúde para receber atendimento

O portal omelhordaamazôna teve a acesso a informações que mostram como a Câmara Municipal de Araguaína tem gastado o dinheiro público.

Os privilégios

Além de manter 17 carros locados da empresa Auto VIP Multimarcas LTDA EPP, que somam R$ 58,3 mil, a Câmara já gastou quase R$ 150 mil em contratos de publicidade com a Alvarenga & Gomes LTDA. Essas são apenas algumas das despesas da Casa.

Com a empresa Visual Sistemas Eletrônicos LTDA, foram gastos mais R$ 130 mil para a compra de equipamentos, como monitores e leitores biométricos. Além do mais, a Câmara vai investir R$ 66 mil na compra de notebooks novos para os vereadores. Informações de bastidores dão conta de que a soma dos gastos até o fim deste ano pode chegar a R$ 1 milhão.

A fonte de recursos e o custo de um vereador

Um vereador de Araguaína, por exemplo, custou em 2017 para o município, aproximadamente, R$ 56 mil por mês. Os recursos, assim como em todas as demais câmaras municipais do Brasil, correspondem a 4,5% sobre a receita tributária ampliada do município. Isso está indicado nos termos da Lei Orgânica e em consonância com o disposto no Art. 29, Inciso VI, Alínea “d” da Constituição Federal Brasileira.

A reação da população

Nas redes sociais, a população reagiu com indignação à atitude dos parlamentares, após uma postagem do professor aposentado Jorginho. “Não é ilegal, mas chega a ser imoral. Os nossos vereadores gastam o nosso dinheiro com a compra de notebook para trabalhar e um monte de parafernálias. Há uma grande quantidade de pessoas nas filas dos postos de saúde municipais esperando por uma consulta ou mesmo um exame. Além do mais, os funcionários do município recebem salários atrasados por falta de dinheiro, e essa câmara esbanja recursos para todos os lados”.

A resposta dos vereadores

O presidente licenciado, o vereador Marcus Marcelo (PR), ligou para a redação do portal para criticar a matéria e o uso de uma foto dele. Mas se recusou a comentar sobre os gastos realizados pela Câmara neste fim de ano. Segundo ele, no momento o político se encontra de licença.

Já o presidente em exercício, o vereador Ferreirinha (MDB), permanece em silêncio diante dos fatos apresentados pela reportagem do portal omelhordaamazônia. A redação, no entanto, vai continuar na tentativa de falar com ele para ouvir a explicação para tantos gastos da Casa neste fim de ano.

Por Geovane Oliveira