22 - outubro - 2020

Polícia Militar impede prática de assalto à instituição financeira em Lagoa da Confusão

Na noite deste sábado,13, após receberem informações do Serviço de Inteligência do COD-2 PMGO sobre uma possível ação criminosa contra instituição financeira na cidade de Lagoa da Confusão, equipes do Grupo de Operações com Cães (GOC), Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM) e Agência Local de Inteligência (ALI) do Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE) conseguiram impedir a ação de dois criminosos, 26 e 27 anos respectivamente e interceptaram os suspeitos na rodovia TO-374.

Os policiais estavam monitorando as proximidades das agências bancárias da cidade quando a equipe da Agência Local de Inteligência (ALI) do BPCHOQUE, percebeu uma intensa movimentação de veículos em uma unidade da Caixa Econômica Federal (CEF) e repassou as características dos automóveis suspeitos para as equipes de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM SUPERVISÃO) e Grupo de Operações com Cães (GOC) que realizavam bloqueio na rodovia TO-374 sentido Palmas.

Minutos depois as equipes tentaram abordar um dos veículos suspeitos, sendo um VW Voyage de cor prata, contudo o condutor desobedeceu a ordem de parada e furou o bloqueio. O veículo suspeito foi acompanhado pela equipe de ROTAM SUPERVISÃO por cerca de 7 km e em um dado momento o condutor entrou em uma estrada, parou bruscamente o veículo e desceu agredindo a equipe com disparos de arma de fogo que de pronto repeliu a injusta agressão.

Logo em seguida, a equipe do GOC, que permaneceu no bloqueio, deu voz de parada para o condutor de outro veículo que constava na relação de suspeitos, um VW GOL de cor branca, porém a ordem de parada também foi desobedecida. Os policiais seguiram o veículo por cerca de 1 km, quando o condutor entrou bruscamente em uma estrada paralela à rodovia, perdendo o controle e acabou colidindo contra uma cerca de arame, momento em que desceu do veículo correndo e realizando disparos contra a equipe, a qual revidou para cessar a injusta agressão. De imediato o socorro foi acionado e constatou os óbitos. A perícia foi acionada, realizou os trabalhos técnicos e liberou os corpos para o IML.

A equipe de inteligência da PMTO compareceu na agência bancária alvo dos criminosos e constatou, juntamente com um funcionário do local que a agência havia sido arrombada e algumas portas e paredes de acesso à sala da tesouraria estavam danificadas. No entanto, de acordo com o funcionário, provavelmente os criminosos não conseguiram o números de acesso. A Polícia Federal já havia sido acionada para constatação oficial.

Os indivíduos, 26 e 27 anos respectivamente, foram identificados com extensa ficha criminal, estando um deles cumprindo pena em regime de prisão domiciliar sem tornozeleira. Além dos armamentos encontrados com os indivíduos: 01 revólver calibre 38 com 6 munições, sendo 4 deflagradas e 2 intactas e 01 revólver cal .32 com 03 munições deflagradas e 01 intacta, foram localizados os seguintes objetos: 01 Celular Samsung; 01 CRLV de Veículo;  01 Balaclava; R$ 264,00 em espécie; 04 pares de luvas de pano; 01 martelo rompedor; 01 esmerilhadeira; 18 discos para corte de aço; 01 alavanca; 01 marreta; 06 brocas para martelo rompedor; 01 cabo de extensão elétrica; 01 alicate de corte pequeno; 01 barra extensora de ferro; 01 carteira com documentos pessoais.

Diante dos fatos, os veículos ficaram à disposição da Polícia Judiciária no Quartel da 4a CIPM, em Lagoa da Confusão-TO, e os objetos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Paraíso do Tocantins, para os procedimentos cabíveis.

Revisão: Andressa Santos

Me siga

Categorias