Comissões aprovam decretos de calamidade pública para as cidades de Guaraí e Gurupi

Comissões aprovam decretos de calamidade pública para as cidades de Guaraí e Gurupi

Parlamentares estaduais aprovaram, em reunião conjunta da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e da Comissão de Finanças, Tributação, Fiscalização e Controle, dois decretos de Declaração de Calamidade Pública para as cidades de Guaraí e Gurupi.

O parecer do relator, deputado Olyntho Neto (PSDB), declarando estado de calamidade pública na cidade de Guaraí, foi aprovado por unanimidade pelos integrantes das duas comissões.

Da mesma forma, recebeu aprovação unânime o Decreto Municipal que prorroga até o dia 30 de junho o estado de calamidade pública na cidade de Gurupi. 

Discussões

Durante a reunião, os deputados discutiram assuntos relacionados à pandemia provocada pela Covid-19. 

Um deles foi a “impotência” das autoridades, inclusive parlamentares, diante dos pedidos para obtenção de vagas em UTI. Ricardo Ayres (PSB) alegou que a demanda está grande. “A interferência política pode ferir o direito de igualdade entre os pacientes”, afirmou.

O Professor Júnior Geo (PROS) mostrou-se preocupado com o processo de vacinação contra o coronavírus. “Por isso, solicito transparência. Não podemos permitir que a fila de vacinação seja furada no Tocantins”, concluiu.

Por Suzana Barros