Conecte-se conosco

Estado

A cada ano, festejos do Divino atraem mais turistas a Natividade

No último fim de semana, a histórica cidade de Natividade, a 218 quilômetros de Palmas, relembrou uma das suas maiores e tradicionais celebrações religiosas: a Festa do Divino Espírito Santo, realizada há mais de 100 anos, herança de uma tradição originada em Portugal. Os pontos auge do evento – as Festas do Capitão do Mastro e a do Imperador do Divino – atraem a cada ano mais turistas de outras cidades e estados. Este ano, teve como Imperador do Divino Artur Ribeiro Rodrigues e como Capitão do Mastro, Marcel Araújo.

“A demanda provocada pelo turismo neste período ainda não chega a provocar aumentos expressivos na economia local, mas já se percebe a vinda crescente de pessoas de outras cidades”, observa a historiadora Simone Camelo, que participa da organização do evento há anos. Segundo ela, os Festejos do Divino de Natividade vêm despertando o interesse de pesquisadores de outros estados, além de propiciar o retorno de nativitanos que residem em outras cidades. “Geralmente escolhem essa oportunidade com o interesse de rever a tradição, parentes e amigos”, completa.

O propósito de participar da Festa do Divino reuniu os amigos João Horácio, cirurgião dentista, de Gurupi; Wel Castro, servidor público de Dianópolis; Adilson Parente, vendedor, de Palmas; Domício Júnior Camelo, advogado nativitano que mora em Goiânia e já foi Capitão do Mastro em 2008. “Venho todos os anos pela Festa e encontrar a familiares e amigos”, disse Domício.

O mesmo sentimento motivou Flávio Suarte a trazer o grupo Miracema Pedaladas para Natividade neste fim de semana. Composto por 10 ciclistas e três pessoas de apoio, saiu de Miracema na manhã de sexta-feira, 6, e pousou em Porto Nacional. Eles continuaram o percurso no sábado, chegando a Natividade por volta das 18h40. Ao ser interrogado sobre o porquê da escolha de Natividade, Suarte foi enfático: “porque é minha cidade natal, porque tinha o sonho de trazê-los para conhecer os pontos turísticos, nossa cultura e a folia do Divino”.

Mas o Divino também sabe cativar turistas de longe. É pela devoção a Ele e por apreciar os detalhes das Festas do Capitão do Mastro e do Imperador, que Antônia Severino sempre escolhe a data para vir de Teresina-PI para o Tocantins. Ela conheceu os festejos em 2008 e desde então não perde um. “Sempre trago uma amiga comigo”, destaca. Este ano, convidou Maria das Neves Vaz, que já fez planos para o próximo ano: “Quero vir e trazer a minha filha. É uma festa emocionante, muito bonita e envolvente”, expressa, completando: “isso sem contar com a cidade, que tem pessoas bastante acolhedoras”.

Os equipamentos turísticos, a exemplo da rede hoteleira, agradecem. “É um evento que sempre traz hospedes”, diz a proprietária do Hotel Serra Geral, Cirene Coelho. Ela ressalta que o índice varia de acordo com a influência dos festeiros. “Quando pelo menos um dos festeiros do Divino tem influência política ou parentes em outras cidades e estados, aí o movimento é grande. Caso contrário, o movimento diminui mas sempre temos hóspedes em decorrência da Festa”, comenta.

O comércio de bebidas é beneficiado consideravelmente. A avaliação é feita por Marcione Araújo, um dos grandes comerciantes de Natividade. “Este ano foi muito bom”, diz, destacando que o volume foi direcionado aos produtos utilizados na confecção de bolos e bebidas ofertados pelos dois festeiros. “Somos em quatro o número de comerciantes que melhor atendem esta demanda. Pelo que estou sabendo, todos venderam bem”, avalia ele, acrescentando: “Somente nesses dois dias, vendi mais de 500 dúzias de água, cerveja e refrigerante”.

História da Festa

Segundo levantamentos de Simone Camelo, a Festa do Divino originou-se no Velho Mundo, no começo do século XIV, na Vila de Alenquer, próximo à cidade de Lisboa, em Portugal. Imperava o Feudalismo, ressaltando a fome, pestes e guerras, uma constante no cotidiano da população. Sua fixação deu-se em 1321, em Portugal, por iniciativa da Rainha Isabel. Ela propagou a fé no Divino em cumprimento de uma promessa, após alcançar a graça de obter paz no reino de Portugal.

No Tocantins, fontes históricas registram a realização dos Festejos do Divino na cidade de Natividade desde 1904, tendo Hermenegildo da Silva Carneiro, como Imperador. De lá até agora, tem-se o registro de 109 imperadores, responsáveis – com o apoio da Igreja e da comunidade – pela propagação da fé no Divino Espírito Santo, através dessa manifestação.

Festa do Capitão do Mastro

Realizada na noite do último sábado, 7, a Festa do Capitão do Mastro reúne os elementos profano e divino. Na tarde do mesmo dia é realizada a Esmola Geral, procissão na qual as Bandeiras do Divino são levadas de casa em casa, anunciando os Festejos e arrecadando “esmolas”. O momento dedicado ao Capitão começa com missa solene. Depois dela, uma multidão se desloca até a casa do festeiro, onde inicia-se uma procissão diferente dos padrões: o Capitão e a esposa, Rainha do Mastro, desafiam a lei da gravidade ao serem transportados pelas ruas do centro histórico da cidade, em cima de um mastro de aproximadamente cinco metros, em forma de pirâmide. Durante o trajeto, o mastro é sacudido, virado de todos os lados, de forma a provocar instabilidade. Cabe ao Capitão e família se manterem firmes contra as intempéries provocadas de forma alegre e descontraída.

A animação é ao som de sanfona, zabumba e triângulo e muita gritaria dos participantes, que carregam velas à base de cera de abelha serpenteadas em hastes de bambu de aproximadamente 70 centímetros. O percurso é definido por luminárias de buriti. As chamas partem de pequenas bases feitas em cascas de laranjas e são mantidas com a utilização de azeite de mamona. Um grupo de sússia – dança folclórica de origem africana – antecede a procissão com animação e sensualidade dos integrantes.

A animação não termina com a procissão. Ao término dela, o Capitão oferece uma festa para a cidade inteira e vizinhanças: regada a muito licor, paçoca de carne, bolos trovão, amor-perfeito e outras iguarias.

Festa do Imperador

De caráter mais formal, a Festa do Imperador deste ano iniciou-se por volta das 8h30, do último domingo, 8, com a coroação do Festeiro eleito ano passado, Artur Ribeiro Rodrigues. Coroação efetivada, Imperador e família real são conduzidos num cortejo, guiado por jovens carregando os sete dons do Espírito Santo, crianças vestidas de anjos e outros personagens, além de dezenas de fiéis.

A procissão segue até a Igreja do Espírito Santo, onde foi celebrada missa solene do Imperador, pelo bispo Dom Romualdo. Após a celebração houve o sorteio que definiu os festeiros para a Festa do próximo ano. Os sorteados foram Renê Pereira Pinto, para Imperador do Divino, e Douglas Tavares Pinto, para Capitão do Mastro. Após a missa, todos se dirigiram à casa do imperador, onde um farto almoço, acompanhado de bolos, doces e licores – preparados com os donativos arrecadados na comunidade e durante os Giros feitos pelos Foliões do Divino – foi servido.

Suzana Barros / Adtur

Continue lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Câmara Municipal aprova requerimento sobre Centro de Referência de Enfrentamento à Violência contra as mulheres

Foi aprovado, no Plenário da Câmara Municipal de Araguaína, o requerimento n° 1554/22 de autoria do vereador Wilson Carvalho (PROS), requerendo ao Secretário da Assistência Social, Trabalho e Habitação, a criação de um Centro de Referência de Política de Enfrentamento à Violência contra as mulheres.
De acordo com o requerimento, o Centro de Referência é um espaço estratégico de Política de Enfrentamento à violência contra as mulheres e visa a ruptura da situação de violência e a construção da cidadania das mulheres, por meio de atendimento Intersetorial e interdisciplinar, com apoio psicológico, social e jurídico, às mulheres vítimas de violência.
As ações do Centro de Referência estarão pautadas no enfrentamento à todas as formas de violência contra as mulheres (violência doméstica, sexual, psicológica e moral), e na defesa de seus direitos
O autor do requerimento, vereador Wilson Carvalho, ressaltou a importância de espaços como este no combate à violência contra as mulheres.
“Na prática, a mulher que procura o Centro de Referência está procurando um lugar de escape. Ali ela será incentivada e estimulada a trabalhar suas potencialidades, possibilitando melhorias na qualidade de vida desta mulher.”
Continue lendo

Estado

Dança Tocantins divulga os campeões da etapa regional de Araguaína

Mais votados nas categorias solo e grupo seguem na competição para a fase estadual.

Foto: Divulgação Seduc/Governo do Tocantins

O I Dança Tocantins das Escolas Estaduais definiu os campeões pela Diretoria Regional de Educação (DRE), de Araguaína, nas categorias solo e grupo. Os vencedores desta e de outras etapas regionais se classificaram para a disputa na fase estadual, prevista para ocorrer, presencialmente, no dia 5 de agosto de 2022, em Palmas. A DRE de Araguaína é a 11ª região a divulgar os finalistas do concurso.

A apresentação mais votada na categoria solo foi da estudante Evellyn Gomes Valadão, do Colégio Militar do Estado do Tocantins – Jorge Humberto Camargo, em Araguaína, somando 1.203. O Grupo Laços de Tradição, composto por Adrielli Morais, Lara Lohany, Lucielle Morais e Morgana Sousa, conseguiu um total de 1.661 votos, e representa o Colégio Estadual Ada de Assis Teixeira, localizado em Goiatins. As votações públicas das etapas estaduais são feitas virtualmente pelos seguidores do perfil oficial do concurso no Instagram @danca.tocantins.

As competições ocorrem em formato de batalhas entre dois ou três estudantes, com duração de 24 horas. O candidato ou grupo que obtêm o maior número de votos se classifica para a disputa seguinte. Caso haja empate, a disputa é prorrogada em duas horas até que seja definido o campeão da regional.

Dança Tocantins

O I Dança Tocantins das Escolas Estaduais é uma ação do Governo do Tocantins, promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), cujo objetivo é incentivar a prática desta manifestação artística de expressão corporal e cultural. Por intermédio da dança os estudantes podem exercitar novas formas de expressão e comunicação, descobrindo linguagens corporais que contribuem para o processo de ensino-aprendizagem.

A promoção da arte nas escolas também ajuda na redução do abandono escolar, por intermédio do resgate dos projetos artísticos estudantis e do fortalecimento socioemocional dos jovens e adolescentes.

Cristiano Viana/Governo do Tocantins

Continue lendo

                   

Destaque14 horas atrás

Hospital Regional de Guaraí inicia projeto ‘Doar Vida’ e mobiliza doadores de sangue

No sábado 25, um grupo de 20 pessoas de Guaraí foram doar sangue no Hemocentro Regional de Araguaína.

Destaque1 dia atrás

Durante Corrida da Tocha, Governo do Tocantins anuncia mais uma unidade do Corpo de Bombeiros no Estado

Evento ocorreu na manhã desta sexta-feira, 24, reunindo novos integrantes de Forças de Segurança, para dar início à Semana dos...

Destaque1 dia atrás

Falta de insumos para exames preocupa hospitais no país

CNSaúde diz quadro vem se agravando nas últimas semanas.

Política2 dias atrás

Presidente sanciona com vetos lei que previa compensações de ICMS

Entre os vetos, está o que garantia mínimos em saúde e educação.

Política2 dias atrás

Carlesse recebe apoio da prefeita Josi Nunes e do vice Gleidson Nato em sua pré-candidatura ao Senado

Um dia após o julgamento na TRE que inocentou o ex-governador Mauro Carlesse, a prefeita de Gurupi, Josi Nunes, e...

Destaque3 dias atrás

Investindo R$ 44 milhões, Governo do Tocantins autoriza início das obras de recuperação asfáltica de 117 km da TO-374

Assinatura da ordem de serviço para execução dos serviços aconteceu nesta terça-feira, 21, em Lagoa da Confusão.

Estado3 dias atrás

Câmara Municipal aprova requerimento sobre Centro de Referência de Enfrentamento à Violência contra as mulheres

Foi aprovado, no Plenário da Câmara Municipal de Araguaína, o requerimento n° 1554/22 de autoria do vereador Wilson Carvalho (PROS),...

Política3 dias atrás

Zênis de Aquino Dias, pecuarista, é cotado para ser vice na chapa de Paulo Mourão

Cotado para a candidatura a vice-governador do petista Paulo Mourão nas eleições deste ano. Em Araguaína, Zênis já foi vereador...

Política4 dias atrás

Milton Ribeiro, ex-ministro do governo Bolsonaro, foi preso em operação da PF contra irregularidades no MEC

Agentes cumprem cinco mandados de prisão e 13 de busca e apreensão nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e...