Governador Carlesse determina a implantação de mais 16 UTIs Covid em Palmas e 20 em Gurupi

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, determinou à Secretaria de Estado da Saúde, nesta terça-feira, 23, que tome todas as providências necessárias para a instalação de 16 novos leitos de UTI Covid (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital Geral de Palmas e outros 20 no Hospital Geral de Gurupi.

A decisão do governador Mauro Carlesse se baseia no aumento do número de leitos ocupados nos hospitais estaduais, que ultrapassou a marca de 70%, e também por conta da ocupação total dos leitos da rede privada.

“Mesmo o Governo Estadual sendo o responsável por 95% dos leitos Covid no Tocantins, nós não paramos um dia sequer de trabalhar e de monitorar a situação. E como estamos vendo aumentar a demanda, vamos aumentar os leitos, pois precisamos atender a nossa população na hora que precisar. Quem está doente não pode ficar esperando um leito, já tem que estar pronto”, afirma o Governador.

Gurupi

Outra determinação do governador Mauro Carlesse é que os leitos clínicos implantados no Hospital Geral de Gurupi sejam preparados para a instalação de mais 20 leitos de UTI. “É mais uma medida para que nossa população seja atendida. A estrutura do HGG é muito boa, os leitos estão prontos e podem ser transformados em mais 20 leitos de UTI. Nossa intenção e o nosso planejamento são para que a rede de saúde do Estado esteja preparada e nosso povo seja atendido quando precisar”, destaca.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, o Governo do Tocantins implantou 365 leitos Covid nos hospitais estaduais e também por meio de contratação de leitos na rede privada, todos atendendo pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Destes, 138 leitos são de UTI. Assim que os 16 leitos do HGP e os 20 leitos do HGG estiverem em operação, o Tocantins chegará a 174 leitos de UTI exclusivos para o tratamento da Covid-19, todos sob a gestão estadual.

Protocolos de Segurança

Além da constante ampliação no número de leitos Covid, o Governo do Tocantins prossegue orientando a população a manter o distanciamento social, usar máscaras, manter hábitos de higiene e que não promovam qualquer tipo de aglomeração. “Todos têm que fazer sua parte. A parte do Governo é atender a população e a dos cidadãos é evitar que o vírus se espalhe ainda mais. Se todos ajudarem, vamos vencer logo essa pandemia”, finaliza.

Governo do Tocantins

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tocantins celebra mais de 100 mil curados da Covid-19

O 345º boletim epidemiológico da Covid-19, no Tocantins, divulgado nesta terça-feira, 23, aponta que o Estado chegou a 100.226 pacientes recuperados da doença. A marca positiva é resultado de ações assertivas e pontuais de gestores e da atuação excepcional dos trabalhadores de saúde que atuam na linha de frente de combate ao novo Coronavírus.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, “a forma como o Governo do Tocantins encarou a pandemia, desde o início, nos permitiu números positivos. Fomos um dos primeiros entes federativos a apresentar o Plano de Contingência, e a decretar fechamentos e ações que coibissem as aglomerações. Aliado a isso conseguimos manter até agora um número de leitos que atenda as demandas, sem necessidade de transferência de pacientes nossos para outros estados. Todas as unidades abastecidas de medicamentos, insumos e equipamentos de proteção individuais necessários para o funcionamento de rotina”, destacou.

O trabalho das equipes multiprofissionais também foi elencado pelo gestor. “Além do esforço da Gestão Estadual, deve ser destacado o trabalho incansável e excelente de todas as equipes multiprofissionais de nossas unidades hospitalares, as quais não medem esforços para garantir a recuperação do maior número de pacientes possível. Todos estes profissionais atuam de forma heroica para que a população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), no Tocantins, tenha o melhor e mais ágil atendimento”, pontuou.

A confeiteira Geisa Oliveira é uma das mais de 100 mil pessoas recuperadas e que recebeu acolhimento pelo SUS. “Foram dias de apreensão e angustia, porque tenho filhos pequenos e tinha que fica isolada deles, mas felizmente só precisei de consultas e não cheguei a ser internada. Graças a Deus tudo acabou bem e estou em oração para que esta pandemia passe logo e as pessoas que estão enfrentando possam se recuperar assim como eu”, afirmou.

O advogado José Hugo de Sousa chegou a ser internado no Hospital Estadual de Combate à Covid-19 (HECC), esteve uma semana na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e conta como venceu a doença. “Passei um total de 13 dias internados. Dias difíceis e angustiantes, longe da minha família, mas com a ajuda e comprometimento de toda equipe do hospital, consegui vencer este vírus aterrorizante. Os profissionais são qualificados e humanizados e dão o máximo de si a cada paciente. Só agradeço a direção e cada profissional e que Deus abençoe a cada um”, destacou.

Moradora de Cristalândia, Benta Cardoso de Abreu, aos 70 anos chegou ao estado grave da doença, ficou por 12 dias sob os cuidados da equipe multiprofissional da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Geral de Palmas, em setembro de 2020 e superou a Covid-19.” Tive toda a assistência e cuidados da equipe do HGP, só tenho gratidão a todos. Fiquei muito alegre em voltar para casa, para minha cidade e rever a família”, declarou.

Dados

Até esta terça-feira, 23, o Estado já notificou 350.512 pessoas e acumula 110.761 casos confirmados. Do total, 9.045 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 1.490 pacientes foram a óbito.

Aldenes Lima/Governo do Tocantins

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cosemes realiza “Acolhe SUS” 2021 de forma semipresencial

Com o tema “Acolhimento aos Novos Gestores – Acolhe SUS 2021”, o 19º Encontro de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins, aconteceu nesta terça-feira 23, por intermédio de videoconferência (via zoom) para os gestores dos 139 municípios. O evento é realizado pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (Cosems/TO), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), Ministério da Saúde (MS), Ministério Público do Tocantins (MPE), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Associação Tocantinense dos Municípios (ATM), Conselho Estadual de Saúde (CES) e Distrito Sanitário Estadual Indígena – DSEI.

O Acolhe SUS tem como objetivo promover a integração entre os gestores municipais e Pasta saúde estadual, bem como o Ministério da Saúde, além de promover divulgação de informações, acerca da gestão do Sistema Único de Saúde (SUS), regionalização, financiamento e Redes de Atenção à Saúde para benefício dos usuários do SUS.

Entre os temas foram discutidos os Desafios e Perspectivas da Gestão do SUS para o ano de 2021, Plano Estadual de Vacinação e Operacionalização da Covid – 19, Previne Brasil – Novo Modelo de Financiamento APS, Instrumentos de Gestão do SUS e Sistema de Informações do SUS.

Na ocasião o secretário de Estado da Saúde, Dr. Edgar Tollini, parabenizou os novos gestores municipais e falou sobre a importância de enfrentar em conjunto os desafios impostos. “Que todos vocês tenham espírito de liderança, conhecimento e, principalmente, que tenham capacidade de enfrentamento na condição de prefeito. Nós fazemos parte de uma mesma rede que é tripartite – União, Estado e Municípios
– sabemos das nossas responsabilidade e precisamos fazer a nossa parte.”

O presidente do COSEMES/TO, Jair Pereira Lima, destacou que este será um momento importante para todos os novos gestores. “Esse acolhimento é voltado principalmente para vocês, é o momento de ouvirmos as demandas, auxiliarmos e buscarmos alinhar junto aos municípios a melhor forma de otimizarmos as ações do SUS. Tenho certeza que quem assumir a nova gestão do COSEMS estará a disposição para ajudar naquilo que for possível”.
Após a programação do AcolheSUS ocorrerá a eleição da Mesa Diretoria e Conselho Fiscal do COSEMS-TO para o próximo biênio 2021/2023.

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Unitins divulga edital para devolver taxa de inscrição para faltosos no vestibular isolados em virtude da Covid-19

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) publicou nessa segunda-feira, 22, edital de devolução de taxa de inscrição do Vestibular 2021/1 aos candidatos que fizeram o pagamento da taxa, mas que não puderam comparecer à realização da prova, em virtude de estarem isolados por causa da Covid-19.

Segundo o edital, para receber o reembolso da taxa, no valor de R$ 120, o inscrito precisará atender cumulativamente os critérios de estar inscrito no certame, ter pago a taxa, não ter participado da prova em função de ter contraído infecção pela Covid-19 com comprovação de que estava contaminado na data da prova, no dia 27 de janeiro de 2021, ou ter estado internado em função da doença na data da prova ou ter recebido recomendação/notificação de isolamento em razão de contato com pessoa contaminada ou de contaminação pela Covid-19 nesse mesmo período. Será exigido documento que comprove qualquer uma das situações, com assinatura e CRM do médico subscritor.

O período para requerer a devolução do valor começa nesta terça-feira, 23, e prossegue até o domingo, 28. O inscrito deverá encaminhar e-mail para o endereço [email protected], com a documentação exigida no edital. 

Edição: Caroline Spricigo

Revisão Textual: Marynne Juliate

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS