sáb. jan 23rd, 2021

Vereadores confirmam saída da base do prefeito Ronaldo Dimas

IMG_4560“Tomamos juntos a decisão de deixar a base do prefeito na casa de lei e nos tornarmos oposição de sua gestão em virtude de muitos problemas existentes. Mesmo com tanto tempo de administração, o prefeito nunca resolveu esses problemas”. Revelaram o grupo de vereadores. 

O vereador Ferreirinha foi eleito na base do prefeito Ronaldo Dimas pelo (PMDB), na coligação “Unidos por Araguaína” e obteve 1.287 votos.  Já o vereador Rosewelt foi eleito na mesma coligação pelo PSDB, e obteve 1.388 votos. O terceiro a deixar  base do prefeito foi vereador Neto Pageúpelo PR na coligação “Por Amor a Araguaína”. Obteve 1.577 votos. Junto os três tiveram 4,252 votos validos que podem pesar muito a favor ou contra em uma eleição bem disputada.

Além de abandonar a base, eles estariam trabalhando nos bastidores a saída de mais três e para tirar dois de cima do “muro”, que estariam insatisfeitos com a base na câmara e com a gestão do prefeito Ronaldo Dimas durante mais de  2 anos  de administração. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rejeição a Bolsonaro sobe para 40% e aprovação cai para 31%, segundo Datafolha

A rejeição ao presidente Jair Bolsonaro aumentou para 40% e voltou a superar a aprovação, segundo mostra novo levantamento do Datafolha, divulgado nesta sexta-feira (22). Na pesquisa de popularidade realizada...

Bombeiros são acionados para retirar motorista preso na cabine do caminhão

Cerca de 8 km de Miranorte sentido, Araguaína um motorista de 42 anos morreu em acidente na BR-153. A ocorrência foi na manhã desta sexta-feira, 22, por volta das 7h30....

Campos Lindos recebe cestas básicas adquiridas com emendas do deputado Eduardo Siqueira

A distribuição de cestas básicas, às famílias de baixa renda impactadas pela pandemia tem sido constante, em vários municípios tocantinenses. O deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (DEM), sempre está atento ás demandas da...

Brasil paga à Índia mais que o dobro que países europeus pela vacina da AstraZeneca

Brasil e África do Sul pagam à Índia um valor duas vezes e meia maior que os países europeus pelas vacinas da AstraZeneca produzidas no Instituto Serum. A informação foi publicada nesta...