Conecte-se conosco

Blog delator

STF: relator vota por manter desoneração da folha até dezembro

Publicada

em

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou hoje (15) por manter a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos até o final de 2021, conforme aprovado pelo Congresso.

Lewandowski é relator de uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) aberta pela Presidência da República questionando a prorrogação. Ele foi o único ministro a votar até o momento.

O tema começou a ser julgado nesta sexta-feira (15) no plenário virtual, em que não há debate em tempo real, mas a análise foi interrompida após o ministro Alexandre de Moraes fazer um pedido de destaque, remetendo a ação para julgamento em sessão ao vivo do plenário convencional. Ainda não há data para que isso ocorra.

Entenda

A desoneração da folha de pagamentos em questão foi instituída via medida provisória no ano passado, como medida emergencial de combate à crise econômica provocada pela pandemia de covid-19.

A medida reduz a contribuição previdenciária patronal e beneficia 17 setores que empregam cerca de 6 milhões de pessoas. A previsão inicial do governo era de que o benefício durasse até dezembro de 2020.

O Congresso, contudo, estendeu a medida até dezembro de 2021, no momento em que converteu a MP em lei. O prolongamento foi aprovado por ampla maioria. Bolsonaro chegou a vetar o alongamento, alegando falta de previsão orçamentária, mas os parlamentares acabaram por derrubar o veto.

O presidente Jair Bolsonaro assinou então uma petição ao Supremo alegando que o prolongamento seria inconstitucional, por furar o teto do orçamento, além de violar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), entre outros pontos.

Voto

Para Lewandowski, contudo, a desoneração faz parte do esforço para combater o desemprego durante a pandemia de covid-19, sendo que a própria Constituição, bem como a LRF, trazem possibilidade de flexibilização de regras em caso de calamidade pública.

“Neste aspecto, é possível afirmar que a reoneração da folha, caso fosse implementada em janeiro de 2021, levaria a inúmeras demissões, levando-se em conta, ainda, que o desemprego já alcança o recorde de 14,7% da população ativa do País para o 1º trimestre de 2021, e corresponde a 14,8 milhões de pessoas, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística”, escreveu o ministro.

O relator seguiu ainda parecer da Procuradoria-Geral da República, que se colocou favorável à prorrogação, argumentando que se a desoneração fosse interrompida em dezembro de 2020 causaria prejuízo às medidas destinadas a minimizar os impactos da pandemia.

Enquanto isso, tramita na Câmara projeto de lei que visa prorrogar ainda mais o benefício, até 2026. A proposta foi aprovada em setembro na Comissão de Finanças e Tributação.

Por Felipe Pontes – Repórter da Agência Brasil – Brasília

Continue lendo
Propaganda

                   

Política39 minutos atrás

Assembleia anuncia nova data para audiência Pública da Embrapa

Em decisão conjunta da Assembleia Legislativa do Tocantins e representantes de entidades do setor agropecuário foi adiada a audiência pública...

Segurança46 minutos atrás

PM prende três suspeitos furtando carga de caminhão-tanque

Prisão em flagrante aconteceu em São Valério da Natividade, na região sudeste do estado. Suspeitos estariam desviando parte de um...

Política56 minutos atrás

Bolsonaro escolhe Moro como principal alvo de críticas em tentativa de manter votos, segundo mídia

O atual presidente revelou em conversas particulares, segundo reportagem do jornal O Globo, que o ex-ministro pode vir a conquistar...

Segurança1 dia atrás

Dois adolescentes são apreendidos pela PM em Araguaína

Um veículo foi recuperado, um simulacro e uma arma de fogo foram apreendidas. A Polícia Militar apreendeu, na manhã dessa...

Estado1 dia atrás

PF faz operação contra desvio de recursos pela prefeitura de Santa Fé do Araguaia para combater a covid-19

Os alvos da investigação são contratos da prefeitura de Santa Fé do Araguaia feitos no ano de 2020. Ao todo...

Destaque1 dia atrás

Governador Wanderlei Barbosa é homenageado com o título de Cidadão de Colinas

Honraria foi concedida pela Câmara de Vereadores de Colinas do Tocantins, na noite dessa quarta-feira, 1º   O governador em exercício do...

Política1 dia atrás

Cesar Halum é nomeado Secretaria Executiva da Governadoria pelo governador Wanderlei Barbosa

O ex-deputado federal Cesar Halum foi nomeado para comandar a Secretaria Executiva da Governadoria pelo governador em exercício, Wanderlei Barbosa (Sem partido). Halum pediu para...

Política1 dia atrás

Ministro Barroso estende até março de 2022 suspensão de despejos e desocupações na pandemia

Decisão vale tanto para áreas urbanas quanto para áreas rurais. Para o ministro, há urgência no tema, tendo em vista...

Geral2 dias atrás

STF reafirma constitucionalidade dos subtetos remuneratórios dos servidores públicos

A decisão, unânime, considera que a regra permite que o Estado se organize conforme o grau de necessidade regional. O...