Secretária de saúde de Palmas morre aos 58 anos por complicações da Covid-19

Secretária de saúde de Palmas morre aos 58 anos por complicações da Covid-19

A secretária de saúde de Palmas, Valéria Paranaguá, morreu nesta quinta-feira (18) após passar mais de duas, semana internada em uma UTI com Covid-19. Ela foi diagnosticada com coronavírus no dia 24 de fevereiro e quatro dias depois precisou ser transferida para leito de terapia intensiva em um hospital particular da capital.

Servidora pública aposentada da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Valéria Silva Paranaguá tinha 58 anos e era natural de Santa Helena de Goiás (GO). Ela estava desde janeiro de 2020 na Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus), primeiro à frente da Superintendência de Atenção Primária e Vigilância em Saúde (Supavs) e no mês de agosto foi nomeada secretária da pasta.

A secretária havia perdido a mãe para a Covid-19 e também teve uma irmã que chegou a ser hospitalizada devido ao coronavírus, mas recebeu alta. Logo após ser diagnosticada, Valéria Paranaguá ficou em isolamento e sendo acompanhada por equipes da saúde básica do município.

No dia 28 de fevereiro ela recebeu o atendimento de estabilização na UPA norte, mas em razão da evolução do quadro, houve a necessidade de um tratamento intensivo. A secretária estava internada no Hospital IOP de Palmas e o estado de saúde não vinha sendo divulgado por opção da família.

Fonte  G1 Tocantins


ÚLTIMAS NOTÍCIAS