Conecte-se conosco

Blog delator

Secretária Adriana Aguiar participa de Seminário de Educação Básica Híbrida

 A titular da Seduc destaca que o olhar abrangente da Educação e o equilíbrio das metodologias de ensino possibilitou atendimento às diferentes realidades do Estado durante a pandemia da Covid-19

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, participou na noite desta quinta-feira, 7, do Seminário de Educação Básica Híbrida 2021: a rede aprende com a rede, promovido pela Associação Nacional de Educação Básica e Híbrida (Anebhi). O evento teve o objetivo de promover uma roda de conversa, entre gestores, acerca das experiências das escolas, famílias, estudantes e as novas metodologias de ensino, diante dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19.

Dessa forma, o seminário oportunizou o relato positivo das experiências vivenciadas, demonstrando cada vez mais a necessidade de um trabalho diversificado e integrado entre a comunidade escolar e as famílias. Outra vertente discutida foi o uso das tecnologias como importante ferramenta de ensino e a necessidade do ensino híbrido, tanto no que diz respeito à integração entre tecnologias, como na elaboração de roteiros de estudo e escalonamento das práticas educacionais presenciais e não presenciais.

Durante o seminário, a secretária Adriana Aguiar participou da sala on-line de discussões sobre as boas práticas nas escolas particulares e públicas, do ensino fundamental (anos finais) e ensino médio. Na oportunidade, a secretária pôde contextualizar o cenário educacional no Tocantins do início da pandemia até a atualidade, elencando aos participantes o plano de ação da Secretaria, em conformidade com as deliberações do Comitê de Enfrentamento da Covid-19, criado pelo governo do Estado, e do qual a Educação sempre participou com voz ativa.

“Assim como em todo o Brasil, a pandemia afetou muito a metodologia de ensino das redes estadual, municipais e particulares. Mas o Tocantins foi ágil, fomos o 3º estado do país a suspender as aulas, tendo como principal pilar de ação, a preservação da saúde”. A secretária ainda relatou que o maior desafio foi atender diferentes realidades com equidade. “Só na rede estadual são 160 mil alunos, cerca de 20 mil servidores, 497 escolas, sendo 108 indígenas e ainda há unidades em comunidades remanescentes de Quilombo. Com muito trabalho e planejamento, e após avaliação diagnóstica, conseguimos atender aos diferentes públicos de acordo com suas necessidades e recursos disponíveis”.

A titular da Seduc ainda explicou que tem sido um momento de muito aprendizado, em que não só a educação, mas as relações interpessoais foram reinventadas. “Houve um estreitamento muito positivo do diálogo entre a comunidade escolar, as famílias e uma integração importante entre as gestões públicas e particulares, em busca de uma metodologia de ensino abrangente, seja ela remota, presencial, não presencial ou com a elaboração e entrega de roteiros de estudo, que fossem capazes de atender às necessidades dos alunos”.

Outro aspecto importante, compartilhado por todas as participantes da roda de conversa, foi que os profissionais da Educação nunca se doaram tanto como nestes tempos de pandemia, estão se desdobrando e usando de muita criatividade para atender a todas as demandas impostas pelas diferentes metodologias que precisam trabalhar. “Com certeza, os educadores estão empoderados e mais valorizados diante da necessidade do seu trabalho”, destacou Adriana Aguiar.

Participaram da sala de discussões a diretora de ensino de Jundiaí, Dionéia Biraia; a diretora da Escola Atuação, Esther Cristina Pereira; e a diretora do Colégio Farias Brito, Lília Prisco, que tiveram como mediadora a consultora da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura  (Unesco), Anita Abet.

Juliana Carneiro/Governo do Tocantins

Continue lendo

Blog delator

Araguaína inicia 2ª dose de reforço contra a covid-19 para idosos com 60 anos

A estimativa é que pelo seis mil pessoas com idade entre 60 a 69 anos procurem os postos de vacinação,

Foto: Marcos Sandes/Ascom

Em menos de um mês, Araguaína avança na imunização contra a covid-19 e alcança os idosos com 60 anos ou mais na aplicação da 2ª dose de reforço. Todas as 17 UBS (unidades básicas de saúde) e o posto de vacinação no Centro da cidade estarão atendendo o público-alvo desta etapa e das anteriores.

A diminuição da faixa etária para a imunização segue uma recomendação do Ministério da Saúde. Conforme a Nota Técnica nº 34, o reforço do novo público-alvo deve ser feito com os imunizantes Pfizer, Astrazeneca ou Janssen, que estão disponíveis na cidade. Além de ser válida apenas para quem tomou a 1ª dose de reforço há pelo menos quatros meses.

A Secretaria da Saúde de Araguaína aponta que existem 9.596 idosos de 60 a 69 anos na cidade, e desses, mais de seis mil estão aptos a serem vacinados. “Dentro desse levantamento, os demais ainda não fizeram o primeiro reforço”, explicou a diretora de Imunização de Araguaína, Samilla Braga.

Postos de vacinação
Em Araguaína, os locais de imunização contra a covid-19 são: UBS Araguaína Sul, Couto Magalhães, Dr. Dantas (Costa Esmeralda), Dr. Francisco Barbosa (Vila Aliança), Dr. Raimundo Gomes (Setor Maracanã), JK, José Ronaldo Pereira da Costa (Dom Orione), José Rezende (Setor Alto Bonito), Lago Azul, Manoel Alves (Ponte), Manoel dos Reis (Setor Barros), Manoel Maria Dias (Cimba), Nova Araguaína, Novo Horizonte, UBS Senador Benedito (Setor Ferreira), Palmeiras do Norte e posto de vacinação em frente à Câmara Municipal.

Expediente
As unidades de saúde atendem de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. As exceções com horários ampliados são: a UBS Araguaína Sul, Dr. Francisco Barbosa (Vila Aliança), UBS Couto Magalhães, Nova Araguaína e Manoel Maria, que funcionam das 7 às 19 horas, além do ponto de vacinação em frente à Câmara que atende, de segunda a sexta, das 8 às 18h30 e no sábado das 8 às 13 horas.
Giovanna Hermice

Continue lendo

Blog delator

Saúde alerta sobre necessidade de fechamento do esquema vacinal contra covid-19

Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores.

Photo: Shutterstock

Mais de 131 mil pessoas estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasadas no Tocantins. É o que aponta o recente levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES/TO). A pesquisa abrange os 139 municípios do Tocantins e leva em conta todos os imunizantes utilizados no Estado.

São 131.437 pessoas que ainda não completaram o esquema vacinal contra a covid-19. Deste número, 27.411 não receberam a segunda dose da vacina CoronaVac, 71.213 não tomaram a segunda dose da AstraZeneca e 32.813 pessoas não retornaram aos postos para completar a vacinação com o imunizante da Pfizer.

“É um dado alarmante, que nos preocupa, visto que a imunização é essencial para o combate à pandemia da covid-19. Precisamos do apoio e da conscientização de toda a população tocantinense. Não conseguimos fazer com que as unidades hospitalares tenham o pleno funcionamento, em especial com cirurgias eletivas, se não frearmos a evolução da covid-19. A vacinação é a única ferramenta eficaz para que possamos voltar à normalidade”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde, Afonso Piva.

A superintendente de Vigilância em Saúde (SVS) da SES/TO, Perciliana Bezerra, também chamou a atenção quanto à necessidade do fechamento do esquema vacinal. “Sem o fechamento deste esquema, todas as ações voltadas ao combate à covid-19 são prejudicadas. Contamos com o apoio da população e, principalmente, dos municípios, para completarmos e alcançarmos melhores índices de vacinação contra o vírus”, explicou.

Continue lendo

                   

Política27 minutos atrás

Agir 36 realiza evento para apresentar pré-candidatos em Gurupi no dia 6

A executiva estadual do Agir 36 (antigo PTC) está convidando os filiados ao partido para o primeiro encontro estadual da...

Política5 horas atrás

Em Palma, Gleisi Hoffmann disse que está trabalhando para unir os partidos em torno da candidatura de Paulo Mouro

Gleisi Hoffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, teve o primeiro encontro da federação “Brasil Esperança” no Tocantins nesta quinta-feira,...

Geral5 horas atrás

Estado do Tocantins registra saldo positivo de mais de 1,8 mil postos de trabalhos formais em maio

Saldo acumulado de janeiro a maio é de mais de 6,1 mil postos de empregos formais.

Estado5 horas atrás

Prefeitura terá horário de atendimento diferenciado a partir do dia 1º de julho

Alteração será durante todas as segundas-feiras de julho, das 13 às 18 horas, e às sextas-feiras, das 8 às 13...

Destaque1 dia atrás

Alexandre de Moraes encaminha petição para PGE analisar suposta interferência de Bolsonaro na PF

A decisão é do ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito que investiga alegações de Sérgio Moro.

Estado2 dias atrás

Com novo decreto, Prefeitura mantém recomendação do uso de máscara em locais fechados em Araguaína

Decreto nº 131/22, publicado no Diário Oficial do Município nº 2.576, dessa segunda-feira, 27, traz também a obrigação do uso...

Destaque2 dias atrás

Quartel do Corpo de Bombeiros Reformado é Entregue pelo Governo do Tocantins

Projeto tem objetivo de reforçar o ensino com foco na organização militar, disciplinando crianças e adolescentes na prática cidadã por...

Destaque2 dias atrás

Senadores protocolam pedido de CPI para apurar corrupção no Ministério da Educação

Os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Jean Paul Prates (PT-RN) e Jorge Kajuru (Podemos-GO) protocolaram nesta terça-feira (28) o requerimento de...

Destaque2 dias atrás

Região norte do Tocantins tem Ordem de Serviço autorizada pelo Governo e receberá obras em rodovias estaduais

Rodovias que ligam Wanderlândia, Riachinho e Piraquê vão receber obras de conservação e manutenção do Plano de Pavimentação, Recuperação e...