Presidentes da Câmara e do Senado pressionam Bolsonaro para a saída de Araújo, diz jornal

Presidentes da Câmara e do Senado pressionam Bolsonaro para a saída de Araújo, diz jornal

Preocupados com a aquisição de vacinas e insumos para produção de imunizantes, os presidentes da Câmara e do Senado querem a troca do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

A informação foi publicada nesta quarta-feira (24), pela jornalista Malu Gaspar, do jornal O Globo. De acordo com a matéria, Rodrigo Pacheco e Arthur Lira vão pressionar o presidente Jair Bolsonaro pela saída de Araújo durante uma reunião da manhã de hoje (24).

Pacheco e Lira veem na postura de Araújo um entrave para que o Brasil consiga negociar mais doses e carregamentos de princípio ativo para a produção de vacinas.

Além disso, há também, segundo a matéria, uma preocupação com os Estados Unidos, que negociaria mais vacinas com o Brasil caso o governo brasileiro adotasse mudanças na política ambiental.

A reunião desta quarta-feira (24) será um encontro do presidente Bolsonaro com os chefes do Legislativo e do Judiciário e um grupo de governadores. Após o pronunciamento desta terça-feira (23), a ideia do governo federal com a reunião é mostrar serviço no combate à pandemia.

A reunião acontece diante do pior momento da pandemia no Brasil e de incertezas quanto ao Ministério da Saúde. Nesta terça-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nomeou como ministro da Saúde o médico Marcelo Queiroga – uma semana após o anúncio do novo ministro.

br.sputniknews.com