Conecte-se conosco

Política

Em pronunciamento nacional, presidente do TSE diz para eleitor votar com consciência

2b73f036-51a3-4d66-b0e3-ecb8bf494177“Neste domingo, quem é o dono do poder é você, eleitora, é você, eleitor. Exerça seu voto de maneira livre e consciente. Não troque o seu voto por favores. Não venda o seu voto. Isto é crime. É necessário que o eleitor tenha consciência que, neste dia, 5 de outubro, nós estaremos decidindo o destino do nosso país”. A afirmação foi feita pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, às 20h desta sexta-feira (3).

O presidente do TSE iniciou o pronunciamento anunciando que no domingo, o Brasil realizará a maior eleição da sua história. “Somos quase 143 milhões de eleitores, a quarta maior democracia do mundo. Elegeremos aqueles que comandarão a presidência da República e os governos de Estado. Também escolheremos os legisladores no Senado da República, na Câmara dos Deputados e nas Assembleias Legislativas dos estados e do Distrito Federal”, disse.

O ministro Dias Toffoli ressaltou que o voto “é um momento de igualdade de todos os brasileiros e, para isso, a Justiça Eleitoral está organizada no Brasil através de seus tribunais, juízes, servidores e de mais de dois milhões de mesários que estarão domingo recebendo o seu voto, garantindo que seu voto seja secreto. Só você tem o direito de saber em quem votou. E também garantindo que o voto dado na urna eletrônica será o voto computado”.

Ao finalizar, o ministro sustentou que, no domingo, o país estará decidindo o seu destino para os próximos quatro anos. “É um momento de extrema responsabilidade. Reflita. Vá com tranquilidade à sua seção eleitoral e exerça o seu direito de votar naquele que você entenda ser o melhor, aquele que você entenda ser quem mereça a dignidade do seu voto”, finalizou.

BB/JP

Continue lendo

Política

Nova presidente da Caixa assume cargo na terça-feira

Daniella Consentino assinou hoje o termo de posse.

A economista Daniella Marques Consentino teve o nome aprovado hoje (1º) pelo Comitê de Elegibilidade da Caixa Econômica Federal e assinou o termo de posse. Ela assumirá oficialmente o cargo na próxima terça-feira (5), em cerimônia oficial no Palácio do Planalto.

Ex-secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Consentino substituirá Pedro Guimarães, que pediu demissão nessa quarta-feira (29), após denúncias de assédio sexual que estão sendo investigadas pelo Ministério Público Federal e pelo Ministério Público do Trabalho. Ele negou as acusações na carta de renúncia.

No governo desde janeiro de 2019, Consentino foi chefe da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do Ministério da Economia. Uma das principais assessoras do ministro Paulo Guedes, ela assumiu a Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade no início do ano.

Com formação em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), a nova presidente da Caixa tem MBA em Finanças pelo Ibmec e uma carreira no mercado financeiro. Foi diretora-executiva da Oren Investimentos e diretora de Risco e Compliance, sócia e gestora de Renda Variável da Mercatto Investimentos. Antes de entrar no governo, foi sócia do ministro Guedes na Bozano Investimentos, onde foi diretora de Compliance e Operações e Financeiras.

Por Agência Brasil – Brasília

Continue lendo

Política

Prefeito Wagner pode acabar com os empregos ligados aos vereadores do MDB na Prefeitura

Desde a gestão do ex-prefeito Ronaldo Dimas, os contratos temporários duram seis meses, de janeiro a junho, tendo início a partir de agosto. No entanto, dizem que a recontratação depende da relação entre os vereadores e o prefeito ou servidores e a Câmara Municipal.

Aproveitando o vencimento do contrato, o prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues SD, afirmou que não estaria disposto a renovar contratos com funcionários vinculados a determinados parlamentares, entre eles Geraldo Silva e Edmar Leandro na Prefeitura de Araguaína, revelou uma fonte.

Após as especulações, os vereadores teriam convocado neste mês de junho,  Wagner para uma conversa em um  local  não revelado, a fim de abafar as especulações. Segundo a fonte, o prefeito ficou irritado com os vereadores, e imediatamente saiu da sala.

Por: Geovane Oliveira

Continue lendo

                   

Destaque5 horas atrás

Eleições 2022: restrições para agentes públicos começam a valer

Medidas estão previstas na Lei das Eleições.

Política21 horas atrás

Nova presidente da Caixa assume cargo na terça-feira

Daniella Consentino assinou hoje o termo de posse.

Destaque1 dia atrás

Governo do Tocantins recebe primeira parcela do contrato de operação de crédito de R$ 230 milhões para obras

Recebidos do Banco do Brasil nesta sexta-feira, 1º de julho, de R$ 100 milhões, serão utilizados em investimento na saúde...

Destaque2 dias atrás

Por intermédio da senadora Kátia, Defensoria Pública recebe doação de contêineres do tipo escritório

Agora, a Defensoria realizará uma análise técnica para o melhor uso dos módulos, bem como a unidade da Defensoria em...

Política2 dias atrás

Prefeito Wagner pode acabar com os empregos ligados aos vereadores do MDB na Prefeitura

Desde a gestão do ex-prefeito Ronaldo Dimas, os contratos temporários duram seis meses, de janeiro a junho, tendo início a...

Destaque2 dias atrás

Governo do Tocantins tem autorização para operação de crédito de R$ 230 milhões

Extrato será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira, 29.

Política2 dias atrás

Vereador Folha é eleito presidente da Câmara de Vereadores de Palmas

O vereador José do Lago Folha Filho (PSDB), mais conhecido como Folha, foi eleito para ocupar o cargo da presidência...

Política3 dias atrás

Agir 36 realiza evento para apresentar pré-candidatos em Gurupi no dia 6

A executiva estadual do Agir 36 (antigo PTC) está convidando os filiados ao partido para o primeiro encontro estadual da...

Destaque3 dias atrás

Em Palma, Gleisi Hoffmann disse que está trabalhando para unir os partidos em torno da candidatura de Paulo Mouro

Gleisi Hoffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, teve o primeiro encontro da federação “Brasil Esperança” no Tocantins nesta quinta-feira,...