dom. mar 7th, 2021

Dimas pedirá à Corregedoria do MPE e ao CNMP avaliação e fiscalização de conduta de promotor

20120915180520_dimas_site_fundo_brancoO prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, vai pedir que o Ministério Público Estadual que avalie e fiscalize com mais rigor a conduta do promotor Alzemiro Peres Freitas, o qual estaria extrapolando suas atribuições e se utilizando do cargo de forma política para prejudicar a gestão e a imagem da cidade. A motivação são os reiterados pedidos infundados de afastamento do prefeito, formulados pelo promotor e, sistematicamente, negados pela Justiça. “Ainda que a Justiça negue os pedidos do promotor, o seu comportamento prejudica a cidade, afastando investidores e gerando insegurança jurídica na cidade, uma situação que não pode perdurar. Queremos saber se este comportamento está dentro das normas do Ministério Público, porque está causando estranheza em todos os setores da sociedade”, justifica Dimas.

O prefeito informou que pretende levar o caso para avaliação na Corregedoria do MPE e no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), órgãos responsáveis por fiscalizar a atuação dos promotores. “Reconhecemos a importância do Ministério Público, e nunca negamos um pedido de informação do senhor Alzemiro; mas é preciso que seu trabalho seja fiscalizado atentamente, assim como o fazem com o nosso trabalho. Tenho uma cidade cheia de problemas para administrar e não podemos mais gastar energias com pedidos inócuos e acusações falsas que não prosperam, mas que têm nos tomado muito tempo e prejudicado a cidade em vários aspectos. Infelizmente, o promotor de Justiça Alzemiro Freitas tem um comportamento recorrente, com histórico complicado nas cidades por onde passou”, disse o prefeito.

Para Dimas, Araguaína é uma cidade mobilizada, onde a gestão pública é bastante fiscalizada por conselhos, ONGs, imprensa e todos os órgãos de fiscalização, além de uma oposição ferrenha. “O que o senhor Alzemiro está fazendo é o jogo da oposição da qual ele parece fazer parte. Se quer ser político, então que renuncie à carreira de promotor, como manda a sua lei orgânica, e se candidate para fazer conosco um debate político honesto sobre os problemas da cidade”, finalizou. A assessoria jurídica do prefeito prepara as representações que serão protocoladas nos próximos dias. Esta é a terceira vez que o promotor pede o afastamento do prefeito. As duas primeiras foram negadas pela Justiça por não encontrar irregularidades na gestão.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo do Tocantins abre novos leitos de UTI Covid neste sábado, em Palmas

A população tocantinense contará a partir deste sábado, 6, com mais 6 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), disponibilizados pelo Governo do Tocantins, visando o atendimento a pacientes do...

Semana do governador Carlesse é marcada por entrega de máquinas, busca pela vacina contra à Covid-19 e autorização do curso de Medicina em Paraíso

Da entrega de máquinas pesadas e ônibus escolares, a reunião com prefeitos, anúncio de concurso público, nomeações de delegados, busca por recursos em Brasília (DF), ações que visam complementar o...

Prefeitura de Carmolândia publica novo decreto de combate a pandemia do coronavírus

O prefeito de Carmolândia, Neurivan Rodrigues, reuniu, nesta quarta-feira, 3, com o secretário  de  saúde do município, Daniel Carneiro, para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus...

Prefeitura de Gurupi firma termo de cooperação técnica com Governo do Estado

A Prefeita de Gurupi, Josi Nunes, e o vice-prefeito, Gleydson Nato, participaram nesta quarta-feira, 03, de uma reunião no Palácio do Araguaia, em Palmas, com o Governador Mauro Carlesse, que...