24 - setembro - 2020

Cinthia Ribeiro prorroga decreto que restringe funcionamento do comércio, mas amplia horário de supermercados

A Prefeitura de Palmas informou nesta quinta-feira (6) que vai prorrogar o decreto que restringe o horário de funcionamento do comércio na capital. Pelo texto atual, todos os estabelecimentos não essenciais devem ficar fechados entre 20h e 5h. A prefeitura fez alterações no texto e ampliou o horário de funcionamento para supermercados e atacadistas, que poderão ficar abertos até 22h.

Esta semana, a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) publicou nas redes sociais que não irá determinar lockdown de forma isolada, sem a adesão de municípios vizinhos. O decreto com a restrição começou a valer no dia 13 de julho e terminaria no dia 27, mas o município resolveu prorrogar até o dia 6 de agosto. Agora, o novo prazo do decreto é o dia 31 de agosto.

Depois das 20h, só os seguintes setores estão autorizados a funcionar: “atividades de serviços médicos e hospitalares, farmácias e laboratórios, serviços funerários, serviços de táxi e aplicativos, transporte de cargas (principalmente gêneros alimentícios), serviços de telecomunicação, serviços de delivery e postos de combustíveis, sem o funcionamento das lojas de conveniência”.

A justificativa da prefeitura para esta norma foi conter o avanço da Covid-19 na capital, mas mesmo com as medidas de restrição os números de contaminados pelo coronavírus continuaram aumentando.

Segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), só nesta quinta-feira (6) Palmas registrou 342 novos diagnósticos. A capital é a segunda cidade do estado mais afetada pela pandemia e já contabiliza 6.395 pacientes com a doença e 54 óbitos. Em todo o Tocantins são 29.539 diagnosticados e 428 mortes.

Fonte  G1 Tocantins

Me siga

Categorias