08 - agosto - 2020

Novo coronavírus causa mortes, medo e sofrimento em Araguaína

Araguaína contabiliza 80 mortes e mais de 5,700 infectados

A covid-19 segue matando e infectando a população de Araguaína em ritmo acelerado. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado a cidade contabilizou, desde do início da pandemia, 80 óbitos pelo novo coronavírus, isso até o início da tarde desta quarta-feira, 22 de julho, e um total de infectados que ultrapassa 5,700.

As mortes têm deixado a população de Araguaína temerosa, um exemplo disso, foi a da enfermeira Rosimeire Pereira dos Santos Fonseca, de 54 anos, que morreu no último sábado, em decorrência do novo coronavírus.

Nas redes sociais “chovem” críticas a gestão do prefeito Ronaldo Dimas. “EUA, Brasil e Araguaína são campeões de mortes em decorrência da covid-19. Coincidência ou protocolo Igual?”, questionou o internauta Madian Braga, em sua página no Facebook.

Já outro internauta sugeriu um novo nome para o prefeito de Araguaína, “Corona Dimas”, associando o nome prefeito ao vírus.

Com a flexibilizam das atividades econômicas e outros setores os números de casos e mortes continuam crescendo. A procura pelo tratamento vem crescendo a cada dia, isso indica que outras pessoas podem morrer e também ser infectadas.

Por Geovane Oliveira 

Me siga

Categorias