Dimas arma palanque visando 2022, mas se Carlesse mexer os “pauzinhos” para desmoronar o palanque

Dimas foi pré-candidato ao governo do estado na eleição suplementar de 2018, porém com um desempenho muito franco, na pré-campanha, ele desistiu de ser candidato, alegando insegurança jurídica e insegurança partidária, que na época foi criada pelo presidente do partido. Ex-Senador Vicentinho Alves.

Agora, em pleno pico da pandemia do coronavírus, com o número de infectados e mortos aumentando, Dimas arma o palanque, já visando 2022, e falando grosso, dizendo que será Candidato ao Governo do Estado na próxima eleição majoritária para o cargo.

 Nos meios de comunicações do estado, é afirmado que ele tem ganhado força político para disputar o governo do estado, naturalmente, tem gente que quer ver Dimas em situação muito vulnerável.

Dizem nos bastidores políticos que o ex-prefeito de Araguaína teria saído desgastado com os partidos de oposição, uma vez que, ele teria se comprometido com eles e logo depois decidiu na “caladinha” da noite apoiar a candidatura do Governador Carlesse.

Por outras palavras, Dimas tem que torcer muito para o Governado Carlesse não mexer os “pauzinhos” e desarrumar o palco montado pelo ex-prefeito. Tem gente que acredita que será muito fácil para o governador conseguir se quiser, já que tem um mapeamento de todas as lideranças políticas do estado. E no momento oportuno pedir para o Divino Alan soltar “mala” e puxar um por um simpatizante do pré-candidato.

Por Geovane Oliveira 

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fachin anula todas as condenações de Lula na Lava Jato

Decisão do ministro é válida para todos os processos que envolvem o petista. Com isso, Lula recupera os direitos políticos e se torna elegível novamente.

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva relacionadas à Operação Lava Jato nesta segunda-feira (8).

A decisão vale para todos os processos que envolvem o petista: nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e das doações ao Instituto Lula.

Com isso, o ex-presidente recupera seus direitos políticos e volta a ser elegível neste momento.

Agora, os processos serão analisados pela Justiça Federal do Distrito Federal, que precisará avaliar se os atos realizados nos três processos podem ou não ser validados e reaproveitados.

“Com a decisão, foram declaradas nulas todas as decisões proferidas pela 13ª Vara Federal de Curitiba e determinada a remessa dos respectivos autos para à Seção Judiciária do Distrito Federal”, diz texto de nota à imprensa do gabinete do ministro.

br.sputniknews.com

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia Civil do Tocantins participa da Operação Resguardo do Ministério da Justiça e Segurança Pública

Nas ações relativas ao enfrentamento da violência contra a mulher, especialmente em razão do aumento dos índices nacionais durante a pandemia da Covid-19, a Polícia Civil do Tocantins participa desde janeiro de 2021, até esta segunda-feira, 8, (Dia Internacional da Mulher) da maior ação de combate a crimes de violência contra a mulher – Operação Resguardo. Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP), a ação integrada abrange as polícias civis de todos os estados mais o Distrito Federal.

Conforme a delegada-geral da Polícia Civil do Tocantins, Raimunda Bezerra de Souza, as ações de combate a crimes de violência contra a mulher no Tocantins são realizadas diuturnamente e foram intensificadas com a deflagração da Operação Resguardo. A Delegada-Geral avalia os resultados do Tocantins como excelentes e informa que o Estado durante o período realizou 1.600 atendimentos, que culminaram com a instalação de 599 procedimentos policiais.

A Delegada-Geral ressalta que as ações da Polícia Civil do Tocantins visam contribuir no combate da violência contra a mulher e de gênero e, desta forma, promover oportunidades de autonomia do feminino em face da desigualdade social enfrentada pelas mulheres.

Com as ações da Operação Resguardo, o Tocantins realizou 1.051 diligências e atendeu 542 mulheres vítimas de violência; instaurou 208 inquéritos policiais; cumpriu 10 mandados de prisão, oito mandados judiciais, e solicitou 200 Medidas Protetivas expedidas ao Judiciário. Ao todo, a operação resultou na prisão de 44 agressores em todo o Estado. Soma-se a esse saldo da operação, 381 inquéritos que foram concluídos e enviados ao Poder Judiciário. No Tocantins, a Operação Resguardo atingiu 42 municípios e teve a participação de 267 policiais civis.

Saiba mais

A Operação Resguardo está acontecendo em 856 municípios brasileiros. Cerca de 5 mil policiais civis, atuam, de forma conjunta, na busca de suspeitos de ameaças, tentativas de feminicídio, lesão corporal, descumprimentos de medidas protetivas, estupro, importunação, entre outros crimes.

Os trabalhos da Operação Resguardo tiveram início com a apuração de denúncias, análise de procedência dessas denúncias, instauração de inquéritos policiais, levantamento de mandados de prisão e cumprimento de mandados judiciais pelas Polícias Civis, principalmente as delegacias especializadas no atendimento à mulher.

Shirley Cruz – Governo do Tocantins


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Wagner convoca mais 153 aprovados no Concurso do Quadro Geral de Araguaína

O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, assinou portaria nesta sexta-feira, 5, convocando novos aprovados no Concurso do Quadro Geral de Araguaína. São 152 profissionais que assumirão seus cargos nas secretarias da Saúde, Administração e Procuradoria. A relação com os nomes está na Portaria n° 569/21, publicada no Diário Oficial.
  
“Conforme já havíamos anunciado, faremos a convocação de todos os aprovados observando as demandas mais urgentes do Município e com muita cautela diante da situação pandêmica que seguimos enfrentando. Esperamos em breve divulgar a convocação dos demais 142 aprovados”, afirmou o prefeito. 

 Entre os 153 futuros servidores estão 30 assistentes administrativos, 30 enfermeiros, 29 técnicos em Enfermagem, 1 procurador, 4 técnicos jurídicos e 2 engenheiros ambientais.

 Atenção na Saúde

Maior parte dos convocados será para a Secretaria da Saúde para reforçar a Atenção Básica e o trabalho de combate à covid-19.  Serão 68 novos profissionais, incluindo também farmacêuticos, fisioterapeuta e médico psiquiatra.

 Apresentação por agendamento

Para evitar aglomeração durante a apresentação dos aprovados, a Secretaria Municipal da Administração está definindo estratégias para o atendimento, entre elas a recomendação de que os candidatos realizem o agendamento prévio antes de procurar a secretaria, por meio do telefone 3411-7096. 

“Esse telefone ficará exclusivo para o agendamento individual para horário e dia que cada convocado deverá levar a documentação exigida. Destacamos que tudo está sendo feito para evitar tumulto e assim garantir a prevenção contra o coronavírus, pedimos ainda que todos façam o uso da máscara e siga os demais protocolos”, destacou a secretária municipal da Administração, Rejane Mourão. 

Os convocados têm 30 dias para se apresentar na  sede da secretaria, localizada na Rua 25 de Dezembro, 523, Centro, no horário estipulado conforme agendamento prévio, com documentos e habilitações exigidas para tomar posse em seus respectivos cargos, bem como para se submeter à perícia médica. O não comparecimento no prazo implicará em desistência. 

 Para assumir o cargo, é exigida a apresentação de documentos, como Carteira de Trabalho e Título de Eleitor acompanhado da Certidão de Quitação Eleitoral e também exames, como oftalmológico e audiometria. As listas completas podem ser encontradas na portaria de convocação, no site da Prefeitura de Araguaína. O acesso rápido pode ser feito pelo link https://bit.ly/3jwantM 
 
Concurso
Na manhã da última sexta-feira, 5, 286 profissionais assinaram o termo de posse e agora aguardam para assumirem seus trabalhos imediatamente. 

O resultado definitivo da prova objetiva foi divulgado em maio de 2020. Já as provas foram realizadas em março para mais de 32 mil candidatos inscritos. Ao todo, foram oferecidas 581 vagas com salários de até R$ 4,1 mil. O concurso tem validade de dois anos, prorrogável por mais dois, para que os aprovados sejam convocados. 

Adriana Santana
Fotos: Marcos Sandes/Ascom  

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governadores assumem coordenação do combate ao coronavírus e podem decretar lockdown nacional dia 14

O governador do Piauí, Wellington Dias, representante do Fórum Nacional dos Governadores, informou neste domingo que os chefes dos executivos estaduais irão assumir a coordenação nacional do combate ao coronavírus. A decisão é uma resposta à recusa de Jair Bolsonaro de permitir que o governo federal cumpra com esse papel, que é originalmente dele, especialmente do Ministério da Saúde.  Os governadores devem decretar lockdown nacional ou ao menos medidas restritivas fortes a partir de 14 de março. O objetivo é conter o avanço do novo coronavírus, que já matou mais de 260 mil pessoas no país. Segundo Dias, 22 governadores estão de acordo com o pacto e as medidas restritivas nacionais. O pedido de uma ação nacional chegou a ser feito para o Ministério da Saúde, mas a resposta foi a de que Jair Bolsonaro “não deixa”.

O objetivo mais urgente da articulação  é o de comunicar a população de que o momento é crítico e que é crucial que a circulação seja reduzida imediatamente, para diminuir a ocupação nos hospitais.

21 estados já concordaram em aderir ao pacto. A consulta ainda está aberta para os que ainda não aderiram.

Os estados que estão de acordo com as medidas são Piauí, Paraíba, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso, São Paulo, Pará, Distrito Federal, Alagoas, Minas Gerais, Ceará, Sergipe, Goiás, Maranhão, Amazonas, Paraná, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Até o momento, apenas cinco estados não manifestaram uma posição favorável ao pacto: Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia, Acre e Roraima. Mas, também de acordo com a assessoria, a consulta aos governadores continua em andamento, segundo O Globo.

Fonte 247

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS