Polícia Federal cumpre mandados de busca contra suspeitos de comprar votos pelo aplicativo de celular em Araguaína

Polícia Federal cumpre mandados de busca contra suspeitos de comprar votos pelo aplicativo de celular em Araguaína

Três mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Federal em Araguaína, no norte do Tocantins, em uma operação para coibir uma suposta compra de votos por meio de um aplicativo de mensagens. A ação começou nas primeiras horas desta quarta-feira (11) e foi chamada de Operação Desunidos.

A investigação começou após a PF tomar conhecimento de que um vereador estaria prometendo pagar R$ 200 para cada pessoa que votasse no candidato recomendado. A proposta teria sido feita em um grupo de aplicativo denominado: Unidos Venceremos.

Os mandados foram expedidos pela 001ª Zona Eleitoral de Araguaína. São 12 policiais federais participando da operação. A Polícia Federal não informou quem são os alvos da investigação.

Os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, compra de votos e falsidade ideológica eleitoral. De acordo com a polícia, o nome da Operação Desunidos faz alusão ao grupo de aplicativo criado para troca de informações e agenciamento ilícito de eleitores.

Fonte G1 Tocantins