qua. jan 27th, 2021

Ônibus velhos, superlotação e falta de paradas são alvo de reclamações de usuários em Araguaína

Micro-ônibus continuam na garagem da cooperativa: prefeitura anuncia contrato de mais de R$ 800 mil para locação de ônibus

capture-20151019-152829Transportes coletivos quebrados, sujos, velhos, com superlotação. O famoso ‘prego’ que impede o destino da viagem e até a falta de abrigo nas paradas ainda são fatores que deixam passageiros revoltados quando o assunto se trata do transporte público de Araguaína.

“Além dos ônibus serem quase todos quebrados, imundos, nós ainda atrasamos os compromissos, por temos que suportar os famosos ‘pregos’ no meio do caminho”, acrescenta a vendedora Maria de Lurdes.

A coopelota plateia junto às instituições financeiras o financiamento de 50 ônibus para fazer o transporte coletivo da cidade de Araguaína há vários meses, mas foi negado. Agora a cooperativa tentará financiar apenas 30 ônibus, de acordo com o que informou uma fonte ao omelhordaamazônia.

O prefeito Ronaldo Dimas, o presidente da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (AMTT), Gustavo Fidalgo, e o presidente da Cooperativa dos Transportadores Autônomos De Passageiros do Município de Araguaína (Cooperlota), David Pereira firmaram acordo para que os ônibus começavam a circular no mês de março , mas isso não aconteceu, outras data já foram anunciada porém nem uma cumprida pela as autoridades dos município.

Os micro-ônibus que já eram para pátio da cooperativa. A Cooperlota foi à vencedora da licitação realizada pela prefeitura de Araguaína para substituir a Viação Lontra que deixou de operar no dia 08 de maio.

Ônibus provisórios

Cerca de 25 ônibus provisórios foram disponibilizados para a população locados pela Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Município de Araguaína (Cooperlota).Os custos da locação dos veículos serão de responsabilidade da Prefeitura e a tarifa será de R$ 1,00. A estimativa é de que os custos das locações fi quem em torno de mais de R$ 825 mil por mês, sendo R$ 6.667 por veículo.

Enquanto o impasse entre prefeitura, Cooperlota e instituição financeira não se resolve, a população sofre com as consequência de transporte publico de péssima qualidade na maior cidade do estado do Tocantins.

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais 5.400 doses da Coronavac chegam ao Tocantins

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), recebeu na madrugada desta terça-feira, 26, mais 5.400 doses da vacina Coronavac. Os imunizantes serão distribuídos, integralmente,...

Antonio Andrade prestigia posse da nova defensora pública estadual

O presidente da Assembleia Legislativa, Antonio Andrade (PTB), participou, na manhã desta segunda, 25, da sessão solene de posse da defensora pública geral do Tocantins, Estellamaris Postal. Ela assume a...

Governador Carlesse prestigia posse de nova defensora pública-geral

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, participou na manhã desta segunda-feira, 25, na Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto), da sessão solene de posse da defensora pública Estellamaris Postal...

Palmas: CIBS é acionada e resgata corpo de jovem afogado na Praia dos Buritis

Após duas horas ininterruptas de buscas, bombeiros militares localizaram e resgataram o corpo de um rapaz morto por afogamento na tarde deste domingo, 24, na Praia dos Buritis, região sul...