qui. jan 28th, 2021

MPE investiga mortes de recém-nascidos no Hospital Dona Regina

O Ministério Público Estadual (MPE) vai investigar nove casos de morte de recém-nascidos com cardiopatia congênita ocorridos no Hospital Dona Regina em 2016.

O procedimento foi provocado pelo Promotor de Justiça André Ramos Varanda após receber da Promotoria da Saúde, documentação que revela a omissão do Estado em organizar a oferta do serviço médico de urgência e emergência necessário à assistência destes pacientes.

Segundo o Promotor, o material ainda aponta que o Estado do Tocantins nunca organizou a oferta do serviço diretamente ou por meio da rede privada. O fato é objeto de uma Ação Civil Pública (ACP) da 27ª Promotoria de Justiça, em trâmite na Vara da Infância e Juventude de Palmas.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Hospital Geral de Palmas inicia vacinação dos profissionais da linha de frente de combate à Covid-19

Nesta quarta-feira, 27 de janeiro, o Hospital Geral de Palmas (HGP) iniciou a vacinação dos seus profissionais, contra Covid-9. 70 servidores que atuam no pronto-socorro receberam a primeira dose da...

Educação implementa ‘Programa Volta ao Novo’ no Tocantins para formação de profissionais da rede estadual

Programa de desenvolvimento de competências socioemocionais de professores e estudantes é uma iniciativa do Instituto Ayrton Senna, em parceria com Consed Com o objetivo de apoiar educadores no desenvolvimento de...

Governador garante a Jorge Frederico início das obras do Hospital Geral de Araguaína

As obras do Hospital Geral de Araguaína terão início no próximo dia 5 de fevereiro, foi o que afirmou o Governador Mauro Carlesse (MDB), durante reunião com o Deputado Jorge...

Caiado diz que vários estados podem entrar em colapso com segunda onda de Covid-19

Médico, governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) alerta sobre a possibilidade de nova cepa do coronavírus estar circulando pelo país e projeta que Estados podem entrar em colapso no sistema...