dom. mar 7th, 2021

Estado prepara oficiais para o desenvolvimento de ações estratégicas

Foto 1 - Formatura CAO - Capitão Cândido- por Ademir dos AnjosCom foco no desenvolvimento de uma formação estratégica para a Polícia Militar (PM) do Tocantins, o governo do Estado, por meio da Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP), implantou em Palmas o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO), que em sua primeira turma formou 40 militares.  Desde a criação do Tocantins, os militares tocantinenses faziam o curso em outros estados da Federação.

Ao longo da especialização, os capitães da PM recebem formação para o desenvolvimento e planejamento de ações estratégicas que possam refletir diretamente na segurança da população. É o que destaca o tenente coronel da Academia Policial Militar Tiradentes (APMT) – instituição responsável pela realização do curso – Marizon Mendes Marques. 

“O curso é um dos pré-requisitos para que os capitães da Polícia Militar sejam promovidos a major e que vão atuar na área de comando, o que exige uma visão estratégica e planejamento na tomada de decisões. É nesse sentido que o curso buscou formar os militares, dando ferramentas para que eles possam estar preparados para desenvolver mecanismo para garantir mais segurança para a população”, ressaltou.

Com carga horária de 450 horas/aula, sendo 90h/a para pesquisa de campo, os participantes da primeira turma do curso tiveram a oportunidade de visitar a Polícia Nacional da Colômbia, que desponta na América Latina como uma das mais eficientes em gestão e tecnologia, para conhecimento e troca de experiências.

Benefícios

De acordo com o coronel Luiz Cláudio Benício, comandante geral da PM, a realização do curso no Tocantins fez com que os capitães fossem capacitados para desenvolver ações que vão ao encontro das necessidades locais. “Esse curso aplicado aqui no Tocantins vem instruir e preparar nosso policias para futuras funções, fazendo com que esses jovens oficiais possam contribuir ainda mais com o nosso comando”, disse.

O coronel Walter Ribeiro dos Santos participou do curso e, para ele, a formação deu uma nova visão para as ações de comando da PM. “Passamos a ter conhecimento das ferramentas, das funções de comando. O gestor precisa ter uma boa visão e com o curso fomos capacitados para perceber as necessidades da população”, ressaltou.

Para o coronel Cândido Marques Soares, que também participou da formação, a implantação do curso em Palmas representa economia para o Estado. “Antes era preciso sair do Tocantins para fazer esse curso, o Estado tinha que arcar com bolsas e, além disso, no período do curso continuamos atuando”, apontou.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo do Tocantins abre novos leitos de UTI Covid neste sábado, em Palmas

A população tocantinense contará a partir deste sábado, 6, com mais 6 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), disponibilizados pelo Governo do Tocantins, visando o atendimento a pacientes do...

Semana do governador Carlesse é marcada por entrega de máquinas, busca pela vacina contra à Covid-19 e autorização do curso de Medicina em Paraíso

Da entrega de máquinas pesadas e ônibus escolares, a reunião com prefeitos, anúncio de concurso público, nomeações de delegados, busca por recursos em Brasília (DF), ações que visam complementar o...

Prefeitura de Carmolândia publica novo decreto de combate a pandemia do coronavírus

O prefeito de Carmolândia, Neurivan Rodrigues, reuniu, nesta quarta-feira, 3, com o secretário  de  saúde do município, Daniel Carneiro, para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus...

Prefeitura de Gurupi firma termo de cooperação técnica com Governo do Estado

A Prefeita de Gurupi, Josi Nunes, e o vice-prefeito, Gleydson Nato, participaram nesta quarta-feira, 03, de uma reunião no Palácio do Araguaia, em Palmas, com o Governador Mauro Carlesse, que...