dom. fev 28th, 2021

Pacotão faz último dia de desfile de 2015 em BrasíliaValter Campanato/Agencia Brasil

Crítica política dá o tom do desfile do Pacotão em Brasília

Pacotão faz último dia de desfile de 2015 em BrasíliaValter Campanato/Agencia Brasil
Pacotão faz último dia de desfile de 2015 em BrasíliaValter Campanato/Agencia Brasil

O último dia do carnaval em Brasília teve como destaque os foliões que usaram a criatividade para fazer a crítica social e política. Alguns brincaram com o problema da falta de água em São Paulo, outros sobre as denúncias envolvendo a Petrobras. De colete bege, binóculos e um rifle de fantasia na cintura, o aposentado Paulo Trindade, ao som do Pacotão, um dos blocos mais tradicionais da cidade, tentava, segundo ele, encontrar e “prender” políticos que traem a confiança do eleitor.

“Já prendi um monte [de corruptos] hoje e entreguei para as autoridades competentes”, brincou Trindade, apontando o binóculo para os foliões que acompanhavam o último dia do Pacotão, na contramão da Avenida W3, uma das principais via do centro de Brasília.

As fantasias, inspiradas no contexto político do país, são uma tradição para o aposentado. “Já saí [fantasiado] de programa sede zero, em que usava uma fantasia de uma garrafa de bebida alcoólica, em homenagem ao Programa Fome Zero, e também de lei molhada [uma referência à Lei Seca]”, disse.

Em outro ponto do bloco, que, segundo a Polícia Militar, concentrava mais de 7 mil pessoas, a enfermeira Edna Marcos, fantasiada de bailarina, lamentava os últimos momentos do carnaval na capital do país. “O carnaval vai deixar saudade”, ressaltou.

A chuva que ameaçou chegar a Brasília não desanimou os foliões do Pacotão, que este ano comemora 37 carnavais. O jornalista Armando Rollemberg, irmão do governador do Distrito Federal (DF), Rodrigo Rollemberg, participava do desfile sem se importar com a “homenagem” do bloco ao irmão. “Sou um dos fundadores do Pacotão e essa verve do bloco é muito natural. O importante é que Brasília saia deste momento ruim. É vida que segue”, disse.

Este ano, a música do Pacotão aborda a crise econômica do DF e a troca de comando no governo da capital do país. “Saiu o ‘Agnulo’ e entrou o ‘Enrolaoberque’”, diz o refrão, em referência ao ex-governador Agnelo Queiroz e ao sucessor Rollemberg.

O transportador de produtos inflamáveis Claudiano Martins, que chegou a Brasília no domingo (15), mostrou-se surpreso com a folia na capital do país. “Sou maranhense e imaginava que não tinha carnaval em Brasília. Saí hoje para dar uma volta e encontrei essa coisa maravilhosa”, disse em meio ao Pacotão.

O último dia do carnaval em Brasília não foi apenas para os adultos. Mais de 30 mil pessoas, de acordo com a Polícia Militar, puderam brincar, dançar e se divertir no bloco infantil Baratinha, que desfilou no Parque da Cidade. “Aqui é muito bom, tranquilo, ambiente muito família”, destacou a aposentada Noquimeria Alves da Silva, que levou duas filhas e uma netinha para a folia. “No carnaval vou mais para retiros, mas quando estou aqui gosto muito do carnaval de Brasília. É muito bonito e sem violência”, completou.

No bloco Baratinha, crianças e famílias brincam o carnaval com muito confete, serpentina e spray de espuma (Valter Campanato/Agência Brasil)

No bloco Baratinha, crianças e famílias brincam o carnaval com muito confete, serpentina e spray de espumaValter Campanato/Agência Brasil

A microempresária Cleia Freitas aproveita a festa para ter uma renda extra. Ela comercializa e fornece a vendedores latas de espuma em spray, muito usada pelos foliões no carnaval deste ano, na capital federal. Nos dias de folia no Parque da Cidade, a comerciante disse que vendeu 40 caixas, cada uma com 12 latas. “Se pudesse estaria na praia, mas como não posso, o retorno é muito bom”, ressaltou.

 Ivan Richard – Repórter da Agência Brasil Edição: Aécio Amado

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Variante brasileira do SARS-CoV-19 aumenta 10 vezes a presença do vírus em adultos, aponta Fiocruz

Pesquisadores da Fiocruz fizeram um estudo que aponta que adultos infectados pela variante P.1 do novo coronavírus, identificada primeiro no Amazonas, têm uma carga viral dez vezes maior do que...

Prefeitura de Colinas publica novo decreto; Toque de recolher, das 22h as 6 horas

A população de Colinas do Tocantins (TO) deve ficar atenta às novas medidas para conter o avanço do Coronavírus. A Prefeitura, por meio da Secretar vc ia de Saúde, publicou...

Prefeitura de Gurupi decreta novas medidas contra Covid-19

A Prefeitura de Gurupi publicou, na noite desta sexta-feira (26), um novo decreto com medidas mais restritivas em relação à Covid-19.  O documento de nº 466, publicado no Diário Oficial...

Multidão se aglomera sem máscara durante inauguração de bar em Araguaína

Festa foi realizada no dia em que a cidade passou a contabilizar 21.075 diagnósticos de coronavírus e 270 mortes pela doença. Um bar inaugurado na noite desta sexta-feira (27) em...