Presidentes da Câmara de Araguaína se calam sobre gastos exorbitantes no fim de ano

A presidência da Câmara de Vereadores de Araguaína ainda não se pronunciou sobre a previsão de gatos da casa para este fim de ano. Em matéria publicada ontem à tarde, o portal omelhordaamzônia destacou os dados contidos no portal da transparência da casa, que apontam gatos altos com equipamentos de luxo. 

Apenas em dois contratos já firmados, a Câmara está gastando R$ 46 mil com a empresa Visual Sistemas Eletrônicos LTDA na obtenção de 5 televisores LED, computadores, terminais biométricos e outros equipamentos eletrônicos. Isso sem contar outros cinco contratos com a Visual Sistemas Eletrônicos LTDA, que juntos somam R$ 130 mil reais. Em outro contrato com empresa Trivale Administração o contrato atinge R$ 150 mil.

Uma fonte revelou ao omelhordamazônia que a Câmara municipal pretende gastar R$ 1 milhão até fim de ano. Até o momento nem o presidente licenciado, o vereador Marcus Marcelo (PR) e nem o presidente em exercício, o vereador Ferreirinha (MDB), se manifestaram sobre o assunto.

Por Geovane Oliveira 

Vereador denuncia suposta alienação da câmara de Araguaína com executivo municipal

O político Carlos Silva denunciou o fato de vereadores votarem projetos somente após telefonemas do prefeito, Ronaldo Dimas.

O vereador Carlos Silva chamou de manobra da casa o fato de terem colocado um projeto em votação de forma repentina. De acordo com ele, os colegas de comissão teriam três dias para fazer o parecer de uma emenda modificativa. “Porém, simplesmente, paramos a sessão por uma hora a mando do prefeito. Um absurdo”, denunciou o político durante sessão do dia 7 de novembro.

As críticas do vereador foram feitas durante a votação do projeto de lei que propõe alterações na legislação sobre o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). A proposição do executivo municipal prevê novas taxas no valor de até R$ 1.522,82, que serão cobradas de empresas prestadoras de serviços no aeroporto da cidade.

As críticas foram direcionadas a todos os parlamentares araguainenses, em destaque o presidente da Câmara Municipal em exercício, Ferreirinha (MDB), o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Delan (PSDB). Ferreirinha foi o responsável por colocar o projeto na pauta de repente e Delan teria feito um parecer relâmpago. Os dois vereadores, no entanto, se defenderam das acusações e disseram que a matéria entrou em votação conforme regimento legal da casa.

Para o Observatório de Araguaína, 91% das matérias aprovadas no ano passado não têm nenhuma relevância na vida do cidadão. “A gente percebe gasto e custo altos para manter um vereador anualmente. Nós fizemos um levantamento e constatamos uma grande produção de requerimentos com pouco impacto e uma pequena produção de leis”, destacou o presidente da instituição, Ronaldo Dias, em relatório divulgado recentemente pelo observatório.

A Câmara Municipal é a sede do Poder Legislativo. A divisão de poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) é feita pela Constituição Federal. Portanto, a Casa, no exercício de função legislativa, participa da elaboração de leis de interesse do município. Principalmente, deve atuar com independência do poder executivo municipal. Mas por trás disso há muitas notícias de casos que envolvem propinas, empregos a amigos e familiares. Por isso, cabe à população fiscalizar os trabalhos dos parlamentares e, se constatar irregularidades, denunciá-las à Justiça.

Por Geovane Oliveira 

Eduardo Madruga busca por apoio para concorrer à presidência da ATM

O Prefeito de Wanderlândia, Eduardo Madruga (PSDB), teve um encontro com o governador reeleito Mauro Carlesse (PHS) e com o senador eleito Eduardo Gomes (Solidariedade) durante a semana que passou.

O atual vice-presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) levou ao Governador várias demandas da cidade de Wanderlândia. No encontro também foram discutidas demandas sobre a eleição da ATM, que acontecerá no início de 2019. 

Madruga comentou que tem interesse em concorrer ao cargo de presidente da Associação e espera ter o apoio de Carlesse.

Em 2016, o prefeito chegou a lançar candidatura, mas acabou compondo com o atual presidente, Jairo Mariano (sem partido). Uma troca de apoio. O compromisso agora é Madruga receber o apoio da atual presidência da ATM.

O setor do agronegócio de Araguaína sonha em ter um representante nas eleições de 2020

A cidade de Araguaína é hoje a líder do setor do agronegócio no estado. Ela conta com seis frigoríficos de grande porte: Minerva, Boi Brasil, Boi Forte, Grupo JBS/Friboi e matadouro público Municipal. O frigorífico Minerva, maior produtor e exportador de carnes do Tocantins, tem hoje capacidade de abate de 800 cabeças de gado por dia.

As indústrias do setor impulsionam a arrecadação do município, a geração de emprego e a renda das famílias araguatinenses, mas nem sempre têm o apoio necessário do poder público.

Entre os pecuaristas, já se fala que o setor do agronegócio deve apresentar um nome para concorrer nas eleições municipais em 2020. O presidente do Sindicato Rural, Roberto Paulino, é bem-conceituado entre os empresários do setor, que não descartam a possibilidade de ele concorrer à prefeitura de Araguaína.

Nas últimas eleições, Roberto recebeu vários convites para ser candidato a vice-governador, deputado federal e, até mesmo, senador, porém ele recusou-se a disputar esses cargos. Quem sabe ele não mude ideia e decida concorrer ao cargo de prefeito de Araguaína.

Por Geovane Oliveira 

Polícia Civil paulista apreende milhões de reais em bens a partir de investigações da Polícia Civil do Tocantins

A Polícia Civil de São Paulo, com apoio da Polícia Civil do Estado do Tocantins, deflagrou, nesta quarta-feira, em São Paulo, mais uma fase da Operação “Ostentação”, que resultou na prisão de um indivíduo de iniciais P.H.B, de 24 anos, e na apreensão de vários carros de luxo, grande quantia de dinheiro em espécie, jóias de alto valor, dentre outros itens.

Na ação, os policiais civis cumpriram oitos mandados de busca e apreensão e um de prisão contra suspeitos de envolvimento com o esquema criminoso que pode ter movimentado algo em torno de R$ 400 milhões de reais e feito inúmeras vítimas em várias unidades estados do Brasil.  

Conforme a delegada Milena Lima, titular da Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), a operação Ostentação teve início no Estado do Tocantins, com base nas investigações da delegacia especializada de Palmas, que descobriu o conjunto de fraudes eletrônicas responsável pela aplicação de centenas de golpes em correntistas no Tocantins, Goiás e vários outros estados brasileiros.

“No dia 8 de maio de 2018, nós deflagramos a operação Ostentação visando a dar cumprimento a mandados de prisão e busca e apreensão contra indivíduos que eram suspeitos de integrar a associação criminosa que agia no Tocantins e também no Estado de Goiás, lesando clientes de bancos, por meio de aplicativos de internet”, ressaltou Milena. 

As investigações da Polícia Civil do Tocantins demonstraram que os golpes eram engendrados por meio de aplicativos de celular, com a invasão de contas bancárias de clientes e subtração de grandes quantias em dinheiro, transferidas para contas fantasmas e de “Laranjas”. Alguns dos alvos da investigação tinham estreita conexão com o Estado de São Paulo, o que levou à intensificação das ações e possibilitou que a Polícia Civil de São Paulo pudesse dar continuidades às ações da Ostentação.

“À medida que as investigações foram avançando, descobrimos que a quadrilha tinha ramificação em outras unidades da federação e que o centro de comando das ações criminosas ficava no estado de São Paulo e, por isso, compartilhamos informações com a Polícia Civil daquele estado, resultando na deflagração da segunda fase da operação, nesta quarta-feira”, disse a delegada.

Ainda segundo a delegada, a operação recebeu este nome em alusão ao estilo de vida que os golpistas levavam às custas dos crimes praticados contra correntistas. Somente na ação desta quarta-feira, os policiais civis paulistas apreenderam veículos das marcas Ferrari, Lamborghini, Masserati, Porche e Audi, avaliados em mais de R$ 1 milhão de reais cada, totalizado mais de R$ 20 milhões de reais.

Além disso, o chefe da organização criminosa era conhecido por levar um estilo de vida de padrão altíssimo, com a aquisição de roupas e joias de grifes famosas, bem como de ser apontado como um dos maiores locadores de helicópteros e jatinhos de São Paulo.

No Tocantins, a Polícia Civil intensificará as ações da Operação, a fim de identificar mais vítimas da organização criminosa e localizar os responsáveis pelas fraudes.

Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins

Varias atraçoes musicais se apresentaram durante o estival Cultura Popula de Araguaína

Dez atrações musicais se apresentaram durante os dias 19 e 20 de dezembro , no Festival Cultural Popular de Araguaína, realizado no Olímpia Shows. Entre elas , Forró de Mel; Henrique e Cristiano ; Embalo do forró ; Cicinho . Com; Odilon Santos; entre outras atrações musicais.
O evento teve o apoio do governo do Tocantins , com intuito de promover e incentivar a cultura na cidade de Araguaína. De acordo com os organizadores, cerca de 10 mil pessoas passaram no local durante as duas noites.
Para a jovem Ana Maria, o evento foi um sucesso: “Eu gostei muito do evento. Ele teve uma boa estrutura, com várias atrações musicais diversificadas.
Os organizadores estão de parabéns pela belíssima festa. Espero que esse evento se repita num futuro bem próximo”, disse ela.

“No encontro com o governador Marcelo Miranda falamos de vários assuntos, entre eles a sucessão do Ronaldo Dimas em Araguaína” diz Ferreirinha

IMG_4973O Vereador Ferreirinha (PMDB) declarou ao omelhordaamazônia   que no   encontro que teve juntamente com vereadores de oposição ao prefeito   Ronaldo Dimas (PR) com o governador Marcelo Miranda na última quinta-feira (19) no palácio Araguaína, falaram de vários assuntos, entre eles   a sucessão municipal em Araguaína.

Para o vereador Ferreirinha, Marcelo Miranda está muito confiante que elegerá o sucessor do prefeito Ronaldo Dimas e mais 12 vereadores com tranquilidade   nas próximas eleições, visto que dentro   da base do governo tem nomes    bem avaliados em todas as pesquisas internas realizadas em Araguaína. No entanto, neste momento o governo está concentrando esforços para enfrentar a crise e   todos os problemas   que ela tem gerado. “A política será discutida na hora certa com a liderança governista local ”, diz Ferreirinha.

Ainda de acordo   com o vereador, além das obras de pavimentação asfáltica dos   setores Itaipu, Palmas e   Alto   Bonito, dará início   a obra de pavimentação do setor Maracanã, entre outras   que   já estão na fase final    dos preparativos para serem iniciadas   em breve.  

Moradores de vários bairros agradecem ao vereador Luzimar Coelho pela chegada de benefícios

IMG_4851-611x470‘’Graças a Deus que      nossas vidas têm mudado para melhor desde que o vereador Luzimar   Coelho foi eleito, pois o progresso tem chegado nas nossas regiões; as nossas ruas estão sendo pavimentadas e ele já está trabalhando na regularização fundiária dos nossos imóveis’’, diz morador do setor Palmas.

A população dos setores Palmas, Itaipú e Alto Bonito agradecem ao vereador Luzimar Coelho pelo trabalho em favor daquelas regiões que, por toda   vida ficaram esquecidas pelos poderes legislativo e executivo.

O vereador Luzimar   figura entres os parlamentares   na   câmara municipal de   Araguaína e está entre os que mais apresentou projetos e requerimentos voltados para melhorias de vida da população e dos seguimentos da sociedade de Araguaína   durante os seus primeiros anos de mandato de vereador. 

 

Transposição das águas do Tocantins para o São Francisco é debatida em Brasília; Lázaro Botelho pede cautela

Dep_Lázaro_BotelhoEm audiência pública promovida pela Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, realizada na última terça-feira, 20, em Brasília, parlamentares e representantes do Governo Federal discutiram a respeito da proposta de interligação entre as bacias hidrográficas do Tocantins com a do São Francisco, prevista no Projeto de Lei 6.569/13, do deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE).

Parlamentares nordestinos defenderam a transposição de águas como solução para resolver, com mais rapidez, o problema da seca no Nordeste. As novas águas aumentariam a vazão do rio São Francisco, cujos níveis estão baixos em decorrência de um longo período de estiagem.

A preocupação de alguns deputados, como Adail Carneiro (PHS-CE), é que as obras de transposição das águas do São Francisco sejam concluídas sem que haja água suficiente para os 390 municípios que sofrem com a seca no semiárido. Dados de agosto do Ministério da Integração Nacional indicam que a obra, orçada em R$ 8,2 bilhões, apresenta quase 80% de conclusão.

A proposta foi defendida pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Valter Casimiro Silveira, que afirmou que ela é viável, e que a transposição pretendida não afetaria o rio Tocantins e melhoraria a navegabilidade no São Francisco.

Preocupação com consequências para o rio Tocantins

O Deputado Federal Lázaro Botelho (PP-TO) participou da audiência pública e levantou algumas preocupações com relação ao projeto. Lázaro defende que estudos detalhados sejam realizados, para verificar a sua viabilidade técnica e econômica, além dos possíveis impactos ambientais.

O parlamentar tocantinense afirmou que apoia medidas que tenham o objetivo de recuperar o Rio São Francisco, que atualmente, conta com apenas 1/3 do seu volume, pois entende que se trata de um rio importante para o Nordeste e para todo o Brasil. Ele também ressaltou que é meritória a ideia de promover uma interligação hidroviária entre os dois rios, o que contribuiria muito para impulsionar as economias das duas regiões.

No entanto, o parlamentar tocantinense insistiu que um projeto desse porte deve ser cercado de todos os cuidados, principalmente a respeito dos possíveis impactos ambientais que pode gerar.

“O rio Tocantins é muito caudaloso e pode até ser usado para socorrer o São Francisco, mas não podemos tomar essa decisão sem estudarmos a fundo os impactos que essa obra pode gerar no rio, nos seus afluentes, na fauna e nas cidades que serão atingidas pelas obras. Acho que não podemos correr o risco de, para resolver um problema criarmos outro”, afirmou Lázaro.

O deputado defendeu ainda, que devem ser priorizadas as obras e ações de revitalização do rio São Francisco, tratando e recuperando as matas ciliares, contendo as erosões que contribuíram para o assoreamento que está comprometendo a navegabilidade no “Velho Chico”, como o rio é popularmente conhecido.

A proposta de Patriota aguarda análise na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, que não tem previsão para apreciá-la.

 

Texto: Robson Meneses

Vereadora Rejane participa da marcha para Jesus em Araguaína

Marcha para Jesus leva milhares de fiéis para as ruas de Araguaína. Para vereadora Rejane o evento supera expectativas

IMG_4897A vereadora Rejane (DEM), participou na tarde do dia 17, sábado, da3ª edição da Marcha para Jesus em Araguaína. O evento atraiu milhares de fiéis de diversas igrejas evangélicas de Araguaína e cidades vizinhas. Durante o percurso, da Praça das Bandeiras até a Avenida Filadélfia, a vereadora recebeu carinho dos fieis e pastores.  

Marcha para Jesus é um evento internacional e de interdenominacional (ou seja, realizados conjuntamente por diversas denominações evangélicas) que ocorre anualmente em milhares de cidades do mundo. Entre 1994 e 2000 foi realizada como um evento global, ocorrendo em cerca de 170 países. 

A vereadora Rejane, além de participar também   apoia o evento para que ele seja muito importante para a cidade de Araguaína e para aqueles que proclamam   o nome de Jesus como único salvador de suas vidas e concluiu: “ Esse   é um momento de reflexão para que nós passamos   voltar o pensamento a Jesus e que as pessoas possam se converter, por isso eu sempre participo   e apoio esse evento que   superou   todas as expectativas de público.”  

Os louvores durante o movimento ficaram por conta dos cantores regionais João Gonçalves e Wilbiane Trindade, ambos de Araguaína; Rubens Uchoa, de Palmas; e dos cantores de projeção nacional Louve e Adore e Davi Sacer.